sábado, 6 de junho de 2020

Stafford Inglaterra é nomeado como um hotspot OVNI

A cidade do condado de Staffordshire foi nomeada como um hotspot para avistamentos de OVNIs. 
Dezanove avistamentos OVNI foram relatados em Stafford num período de 12 meses, segundo uma nova pesquisa avançada pelo Expressandstar.

A antiga cidade do mercado ficou na lista das dez maiores localidades de avistamentos OVNI no Reino Unido - chegando ao número seis.

A contagem de avistamentos foi revelada por meio de pedidos de liberdade de informação.

Os dados são de 2009, há mais de 10 anos, pois esses são os últimos registos públicos disponíveis. Foi exatamente nesse ano que o governo do Reino Unido decidiu fechar a investigação sobre OVNIs no Ministério da Defesa - como as autoridades disseram que, em 50 anos, nenhuma evidência de uma "ameaça potencial" havia sido encontrada.

No entanto, houve alguns avistamentos interessantes por testemunhas credíveis.

No sul de Staffordshire, os pilotos que voam do Aeroporto Halfpenny Green, conhecido como Aeroporto de Bobbington, relataram ter visto OVNIs durante um voo em fevereiro de 2019.

Um piloto relatou ter sido atingido por um laser momentos antes do encontro.

Em 1988, um proeminente avistamento de OVNI ocorreu sobre Cannock Chase, em Staffordshire, que foi investigado pelo MOD.
Outras várias testemunhas relataram ter visto objetos sobre o local de beleza.

Um deles descreveu ver dois objetos em forma de triângulo emitindo um som fraco e subindo verticalmente no céu.

domingo, 31 de maio de 2020

Observação em Valongo Portugal

Localização - Valongo - Portugal

Data Hora - 25/05/2020 - 22:30h

Testemunha - Sr.Fernando Oliveira e Esposa



Relato da testemunha
Resido na cidade de Valongo, distrito do Porto e ontem, dia 25 de maio, por volta das 22.30, encontrava-me na varanda, com a minha mulher, a apanhar um pouco de ar mais fresco.
Via-se no horizonte a lua em quarto crescente e, do lado direito da mesma, observei um primeiro objeto invulgar, que me parecia  ser um satélite, mas que percorreu uma grande distância no céu, até não o conseguir ver mais, dado que passou para o outro lado do prédio onde moro.
Porém, este não foi o mais invulgar, porque, provavelmente, seria mesmo um satélite.
Passados alguns minutos observei um flash de luz no céu. Quando olhei para o local e chamei à atenção da minha mulher, observámos um objeto, que deveria voar muito alto, onde se vislumbravam três luzes, formando um triângulo, luzes essas coloridas, mas muito ténues, dada a altura em que o fenómeno se encontrava. O mais invulgar era um flash de luz branca, arredondado, que pulsava no meio daquele suposto objeto, deslocando-se a grande velocidade, sem fazer qualquer tipo de ruído.
Mais uma vez, deixei de o ver, dado que passou para o outro lado do prédio.
Tentei pesquisar informação na internet e em sites de notícias, de modo a verificar se mais alguém tinha testemunhado tal acontecimento, mas nada encontrei.
Encontrei sim a vossa página, que desconhecia, e decido fazer este relato, dado estar bastante intrigado com o assunto.
Será que haverá algum sinal de radar desta zona, por volta das 22.30 de ontem, onde se identifique este objeto?

Se observou este ou outro fenómeno anómalo, poderá reportar a sua observação através do e-mail: ufo_portugal@sapo.pt

domingo, 17 de maio de 2020

Objetos Voadores Não Identificados na Marinha Grande

Localização - Marinha Grande

Data da observação - 12/05/2020 

Testemunhas - 2 - Anónimos devido ao nível profissional e pessoal.

Este será um caso bastante interessante e que mereceu a nossa especial atenção!
No Domingo 27 de Maio, mantivemos contacto telefónico com a primeira testemunha, militar no ativo da Marinha, que nos contou em primeira mão, uma observação que vai além dos padrões comuns e dos nossos conhecimentos até ao momento.


Relato da testemunha...
Somos o M. e A., casados ele com 38 e ela com 30, somos pessoas normais, e moramos na cidade da Marinha Grande, ele trabalha para as Forças Armadas e ela tem um trabalho na área da contabilidade! Desde dos últimos dias temos visto, como muitos participantes nos vários fóruns sobre a temática UFO , algumas luzes e flashes no ceu, temos visto varias explicações, desde dos satélites star link, ate a ISS. 
Uma particularidade, para quem é desta zona, saberá que a base área de monte real, tem uma atividade normal, contudo nos últimos dias, a atividade tem sido consideravelmente anormal, espacialmente entre o período das 20 as 23. Com voos da parelha de alerta durante quase todos os dias…. E é ai que começa o nosso relato!
No dia 12 de Maio de 2020 pelas 21:15, estávamos a jantar na casa de um amigo, que vive no centro da marinha grande e ouvimos a dita parelha de f-16; os mesmos estavam a fazer varias manobras circulares sobre a cidade (via-se os strobes verdes e vermelhos das aeronaves e o barulho do afterburner), enquanto estávamos na varanda desse amigo, (no total eramos 4 pessoas) vi-mos por diversas vezes objetos brilhantes em trajetória recta e com intensidade de brilho diferentes…. O engraçado disto tudo foi ter uma aplicação para telemovel e verificar que não existia nenhum satélite que pudesse ser o que estávamos a visualizar.
Pelas 23:15 fomos para casa, e chegando a casa, eu e a minha esposa fomos tirar um café na cozinha e fumar um cigarro no terraço, desde já explico que apesar de estar no centro da marinha grande, felizmente consigo visualizar algum firmamento sem sofrer das luzes da cidade, logo consigo visualizar muitas estrelas e constelações. 
Ora estando no terraço, a minha esposa chama a atenção para o ceu e diz que viu mais uma vez um flash no sentido oeste, eu fico a olhar para essa zona e quando olho para a zona norte, eis que visualizo o seguinte, duas formações triangulares, uma pequena outra maior, as luzes eram de cor alaranjada ténue, com movimento de sul para norte, a passar pela ursa maior. A minha esposa tambem teve a hipótese de assistir ao avistamento e claro ficou bastante empolgada. Um dos aspetos que achamos intrigante foi o facto de se notar que eram objetos sólidos pois a passagem dos “triângulos” notava-se que as estrelas desapareciam! Não se ouviu nenhum barulho, apenas as luzes a passar, as luzes como já disse eram de cor alaranjada ténue e não eram strobes de aeronaves, pois não piscavam.
Aqui fica mais ou menos uma tentativa do que vimos do terraço.
Outro facto curioso, e que nos dias seguintes, a actividade dos f-16 tambem não cessou, tendo nos falado com o nosso colega, chegamos a ir no dia 14 de Maio durante um par de horas (21:40 ate as 23:30), para o observatório astronómico da marinha grande, que apesar de destruído continua a ser um bom spot devido á escuridão, na zona da maceira, havia uma espécie de holofotes que não são usuais, a parelha de f-16 no ar, e todos que la estávamos; 5 pessoas ; viram, apos a aterragem da parelha pelas 2230 uma serie de 3 flashes no sentido 
nordoeste!

O UFO Portugal Network, solicita a quem vive na região para ficar vigilante ao céu noturno de forma a visualizar, registar este fenómeno caso ocorra novamente, como também o vôo anómalo dos aviões caça F-16.

Se observou algo de extraordinário, reporte através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt

quarta-feira, 6 de maio de 2020

OVNI: Encontro de primeiro grau em Lisboa

Segue o testemunho de uma observação anómala sobre a capital.

A testemunha Sr. Jorge Subtil, relata em primeira pessoa a sua experiência para algo que observou e não conseguiu encontrar respostas perante os seus conhecimentos.

Relato da testemunha
"Gostava de partilhar com o grupo a minha observação que se enquadra num contacto de 1º grau, o facto ocorreu em Lisboa mais precisamente em Algés de cima a 7 de Maio de 2018 por volta da 00.07H. Nessa noite encontrava-me na varanda de um ultimo andar a fumar. A noite estava limpa mas muito ventosa quando me apercebo a baixa altitude por cima de Miraflores sobre o edificio da ROFF (o mais alto da zona) aquilo que inicialmente pensei ser fagulhas de um incendio, hipotese que logo descartei visto as mesmas se deslocarem na horizontal e em sentido descendente concentradas numa única zona, passados segundos +- a 100 metros de mim por cima dos telhados vizinhos apercebo-me que o que estou a ver é um objecto de forma elíptica totalmente negro e as luzes eram o reflexo da iluminação circundante da cidade na parte inferior do mesmo que parecia revestido a material vidrado (1-) .

Imagem similar ao observado pelo Sr. Jorge Subtil
Nisto como se não basta se, o mesmo roda sobre ele próprio ficando de perfil (2-) a parte superior parecia ser baça parecendo ser feito de uma única peça a excepção uma ligeira "bossa" central na parte inferior, de seguida o objecto cai na vertical ficando parado a balouçar no ar 2 a 3 segundos, assim que estabilizou seguiu em linha recta a mesma velocidade que anteriormente (+- de um jacto militar) deixando de ficar visível devido a altura dos prédios circundantes.

O objecto teria entre 10 a 15 metros de comprimento, comparado com viaturas estacionadas na rua e +-2 metros de altura , não emitia qualquer ruído era totalmente silencioso. A observação durou cerca de 15 a 20 segundos, o sentido da mesma foi Nordeste /Sudoeste, sentido Miraflores / Trafaria (cova do Vapor).
Infelizmente não encontrei mais testemunhas do sucedido apesar de nas semanas seguintes ter perguntado nas redondezas".

Ufo Portugal Network
Se observou o mesmo fenómeno, poderá reportar a sua observação através do e-mail: ufo_portugal@sapo.pt

Partilhe a sua experiência connosco...

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Os europeus vêem cada vez menos óvnis

Relatos sobre objetos não identificados caíram nos últimos anos, segundo organizações que estudam esses fenômenos.

O céu europeu é uma caixinha de surpresas.
 31 de janeiro deste ano, às 22h10 (19h10 em Brasília), uma testemunha afirma ter visto um ponto luminoso mover-se, depois parar, e finalmente desaparecer de repente. Foi em Bolinne, 60 quilômetros a sudeste de Bruxelas. Outro testemunho, este a 14 de janeiro, falava em cerca de 50 pontos brilhantes, similares a estrelas, avançando em formação em Charneux, também na Bélgica, a 15 minutos de carro da fronteira holandesa. “Sou cético por natureza, e para me convencer de que não estava sonhando avisei três vizinhos e a minha mãe. Todos olhamos imóveis, e ninguém sabia explicar”, conta Ludovic, o surpreso morador de 39 anos que supostamente se deparou com a cena, numa mensagem pedindo respostas ao que seus olhos acabavam de ver.

Várias entidades da Europa reúnem registros desses relatos de cidadãos comuns e tentam decifrá-los. O chamado Comitê Belga para o Estudo de Fenômenos Espaciais (COBEPS) é um deles. Para o primeiro caso, avaliou que a informação fornecida era insuficiente. No segundo, os estranhos alinhamentos descritos por Ludovic ainda estão sendo investigados. Em outras ocasiões, a resposta dos investigadores ao mistério é mais simples: os óvnis são aviões ou balões.

Anualmente, organizações de oito países – Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Noruega e Suécia – divulgam os dados de todos os alertas de objetos voadores não identificados que conseguiram reunir, seja porque a testemunha os notifica diretamente ou rastreando fóruns e páginas da Internet. O resultado são 13.201 avistamentos nos últimos seis anos em que há estatísticas, uma média de aproximadamente cinco por dia. Mas, em plena era dos celulares com câmeras de alta qualidade, a tendência é decrescente. Em 2012 foram 3.332 casos, e em 2017 apenas 1.206. Em nenhum período entre essas duas datas o número de relatos aumentou. Itália (3.343), Alemanha (2.381) e França (2.317) – os três países mais populosos, embora não nessa ordem – lideram os avisos.

Jean-Marc Wattercamps descreve-se como geólogo e ufólogo. Segundo esse pesquisador do COBEPS, a associação belga que estuda as alertas na Valônia, a região francófona, “é preciso distinguir os avistamentos cotidianos dos óvnis reais. Estes continuam sem serem identificados depois de um estudo mais ou menos pormenorizado. O último que encontramos foi em 2015, mas temos 14 investigações abertas de 2018”.

https://brasil.elpais.com/brasil 

terça-feira, 28 de abril de 2020

Universo Paralelo OVNI, live com Nuno Alves, para o Brasil


Para quem não teve oportunidade assitir à transmissão em direto para o Brasil no dia 27, às 21:00 hora de Lisboa, o Ufo Portugal Network partilha o vídeo da respetiva entrevista para apreciação de todos os entusiastas do fenómeno ovni.

sábado, 25 de abril de 2020

Pandemia Covid 19, não para a Ovnilogia, por Nuno Alves


Vídeo realizado através de live no grupo UFO Portugal Network Facebook.

Fiquem em casa e vigilantes ao céu noturno.

domingo, 19 de abril de 2020

Entrevista da Exopolitic Portugal ao fundador do UFO Portugal Network


Exopolítica e Ovnilogia, dois conceitos díspares em termos  de finalidade e metodologia,  mas cujos campos de actuação inevitavelmente se cruzam e complementam.

Neste enquadramento,  Nuno Alves, fundador da UfoPortugal é o segundo convidado de um conjunto de conversas por videoconferência, durante a qual partilhou a sua opinião pessoal e experiências enquanto investigador.

A conversa encontra-se dividida em 3 segmentos, disponibilizados diariamente ás 10:00, a ter inicio amanhã 20/04

1º Segmento: Primórdios da UfoPortugal; Casos mais marcantes.


2º Segmento: Incidente na Holanda; Investigação de campo em Rendlesham Forest

3º Segmento: Crop Circles; Perspectiva da Ovnilogia no futuro próximo


Acompanhe-nos nesta viagem.

Miguel Maia coordenador & Francisco Mourão Correa

Exopolitic Portugal

sábado, 18 de abril de 2020

Satélites Starlink vistos em Portugal, confundidos com Objectos Voadores Não Identificados

Luzes estranhas avistadas por todo o território nacional, despertaram atenção de muitas centenas de pessoas.

Na noite passada Sexta-Feira, 17 de Abril, inúneras testemunhas presenciaram e registaram a um aglomerado de luzes sobre os céus de Portugal.

O Ufo Portugal Network recebeu inúmeras mensagens, e-mails das respectivas testemunhas procurando respostas para a referida observação.
Não se trata de algo extraordinário ou extraterrestre.
Apenas foram visualizados os 60 Satélites Starlink, projecto da Space X de Elon Musk.
Este é um projecto que conta já com o total de 180 Satélites que terão a função de cobrir as zonas mais isoladas do planeta para dar acesso à internet através do espaço.


Ainda não foi desta amigos... 

sábado, 8 de fevereiro de 2020

A experiência aterradora do piloto Carlos de los Santos

Ilustração
Na aviação, existem muitos mitos sobre objetos voadores não identificados (OVNIs), que muitas equipes ao redor do mundo tiveram a oportunidade de detectar.

Há muitas histórias, algumas documentadas e outras que permanecem na memória.

O caso do piloto Carlos Antonio dos Santos Montiel é uma das histórias mais bem documentadas. Os eventos foram registados a 3 de maio de 1975, quando o piloto estava pilotando um Piper PA-24 XB-XAU por uma via aérea que ligava o VOR de Tequesquitengo, ao Aeroporto Internacional da Cidade do México.

A visão de Santos Montiel descreve-o como três discos voadores nas meias asas do avião e um abaixo da fuselagem, que o acompanharam durante um bom voo. Posteriormente, o Piloto informou ao México Central, com uma chamada de emergência, o que estava acontecendo, pois ele diz que perdeu completamente o controle da aeronave.


O caso está devidamente documentado e tem sido objeto de muitas entrevistas e publicações em jornais, que expõem muitas questões, entre elas, o fenômeno OVNI será uma ameaça para a aeronáutica?

Roberto Mtz Armendáriz
Fonte

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Suécia: Triângulo voador - caso ainda não resolvido

Triângulo voador - caso ainda não resolvido
O UFON UFO-Suécia no ano passado classificou 18 objetos voadores como inexplicáveis ​​- e outras 26 observações estão sendo investigadas pela organização.

Numa noite de fevereiro, por exemplo, um casal de Eskilstuna viu algo que nunca tinha visto antes.

Os dois dizem que estavam sentados quando, viram um objeto triangular viajando diretamente na sua direção em alta velocidade. Segundo o casal, o objeto tinha luzes piscando por baixo e parou por um curto período de tempo acima deles antes de desaparecer novamente.


O casal relatou o incidente ao UFO-Suécia, que recolhe todos os relatórios sobre objetos voadores não identificados no país.

TESTEMUNHAS REUNIDAS

No ano passado, 237 avistamentos foram relatados ao UFO-Suécia, e 140 deles são identificados ou IFO (objetos voadores identificados).

O Triângulo Voador é um dos 26 casos que ainda estão sob investigação. Representantes do UFO-Suécia inspecionaram o local e se reuniram com as testemunhas.

Entre o material está a imagem que o casal desenhou. O fato de não terem tirado uma foto, mas apenas ter desenhado o objeto não é incomum para testemunhas de avistamentos de OVNIs.

Qando as pessoas vêem algo que consideram tangível e próximo não tiram nenhuma foto - isso acontece muitas vezes, diz Johan Gustavsson, do centro de relatórios do UFO-Suécia.

SISTEMA DE RADAR DE DEFESA

Com a ajuda do sistema de radar de defesa, que regista todos os objetos no ar até algumas centenas de metros, o UFO-Suécia descobriu duas aeronaves que poderiam ser o objeto que o casal viu. Mas Johan Gustavsson duvida que seja qualquer uma das aeronaves registadas.

Requer um fator de interpretação muito tangível dos observadores e, além disso, assumiu a forma de duas testemunhas, diz Gustavsson.
O crescente uso de drones os tornou numa característica natural.

Ainda é mais comum as pessoas cometerem erros de má interpretação com estrelas, planetas, satélites e aviões, coisas que sempre ocorreram, diz Johan Gustavsson.
Após o envio de um relatório, ele é analisado pelo chamado investigador de campo localizado no país. Muitos casos são abandonados imediatamente porque faltam as informações necessárias para continuidade da investigação.

Fonte

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Correio dos leitores - Objeto voador não identificado em Vila Meã

Olá, bom dia,finalmente e após assistir a alguns vídeos semelhantes, decidi partilhar este filmado por mim próprio, na noite de 22 de Agosto de 2015, em Travanca, Vila Meã, cerca das 23:00horas.

Foi filmado com um iPhone 5, a velocidade com que aquele objecto se move,n se parece com nada, que voe e seja do conhecimento do publico. Sem mais de momento, um obrigado por termos com quem partilhar,a nossas experiências. 

Bem haja


UFO Portugal Network

De facto é um pouco relativo este tipo de observação.
Não nos é muito perceptível a sua velocidade, da qual ponderamos na possibilidade de ser ou não a Estação Espacial Internacional ISS, como a presumível explicação mais coerente.
Velocidade constante sempre em linha reta, luminosidade reflectora da luz solar nos painéis da estação ou mesmo satélites.

Se observou algo de extraordinário reporte através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Piloto filma suposto OVNI através do cockpit

OVNI parecido com um cubo surge num vôo em altitude privilegiada capturada pelo piloto do Viva Air.

Um piloto da companhia aérea compartilhou imagens peculiares de um OVNI em forma de cubo pairando no céu.

A visão do cockpit parece transformar um objeto de metal voando em ritmo hipersônico sobre Columbia, sem nenhuma forma de propulsão.

Um clipe atípico, supostamente filmado através de um piloto exibe as filmagens de um objeto que cruza com o avião a curta distância.

Ao aproximar-se do objeto em altitude privilegiada, ele obviamente se assemelha a um cubo e parece fluir durante as nuvens num método gerenciado, numa perspectiva.


Uma razão por trás do  interOVNI.. alguns iternautas especulam que pode ser um balão climático.

Outros ponderam que o objeto se parecesse com uma nave espacial Borg da sequência de ficção científica Famous person Trek.

Formas geométricas não são uma característica comum dos OVNIs.

Até ao momento não foi apresentada uma explicação racional para a observação e registo deste vídeo.

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

O FENÔMENO Trailer Oficial (2020) Documentário OVNI


“THE PHENOMENON” é o primeiro documentário de alto valor de produção a reunir as peças do quebra-cabeça sobre OVNIs numa imagem surpreendente e atualizada, observando 70 anos de história até novas descobertas que desafiam tudo o que nós pensamos saber.

CAST: Chris Mellon, vice-segundo da FMR. Defesa para a Inteligência, Jacques Vallee, o mais famoso pesquisador de OVNIs, conselheiro dos “Contatos Imediatos do Terceiro Tipo” de Steven Spielberg, que trabalhou em estreita e colaboração com o famoso astrônomo do Projeto Bluebook J. Allen Hynek; e muitos mais.

DIRETOR: James Fox

A não perder certamente 😎 

Ovniologia em Portugal, novos projectos para 2020


Se observou algo de extraordinário reporte através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt 

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

OVNIs: Reino Unido irá libertar novos arquivos classificados

A RAF "Royal Air Force" Britanica, tomou a decisão de encerrar a sua unidade de investigação OVNI em 2009, depois de concluir que em mais de 50 anos, nenhum relatório recebido jamais divulgou qualquer evidência de uma ameaça em potencial extraterrestre.

Anteriormente, os registros da unidade eram entregues aos Arquivos Nacionais, geralmente classificados inicialmente antes de serem libertados após um número específico de anos.

Mas os relatórios mais recentes recebidos pela RAF serão colocados on-line, a agência de notícias da AP pode divulgar, após uma solicitação da Lei de Liberdade de Informação.

Agora, membros do público que relatam supostos avistamentos de OVNIs estão agora direcionados à sua força policial local.

Um porta-voz da RAF disse que "foi avaliado que seria melhor publicar esses registos, em vez de continuar enviando documentos para os Arquivos Nacionais, e assim eles estão procurando colocá-los numa página dedicada ao gov.uk" .

Atualmente, está em andamento um processo de libertação dos documentos antes da publicação, que deve ocorrer "dentro de algum tempo no primeiro trimestre de 2020".

Em resposta ao pedido da FOI, a RAF descreveu os arquivos que continha como "compreendendo inteiramente a correspondência com membros do público".

Acrescentou: "O Ministério da Defesa não tem opinião sobre a existência ou não de vida exterrestre e não investiga relatórios de OVNIs".

sábado, 11 de janeiro de 2020

Relatórios da CIA sobre OVNIs revelam detalhes num campo de mísseis do Cazaquistão

Um relatório de inteligência recentemente desclassificado pela CIA lança nova luz sobre um mistério OVNI caso com quase 50 anos, revelando detalhes num campo experimental de mísseis no atual Cazaquistão.

O relatório não inclui apenas fenômenos aéreos não identificados (UAP), mas também há rumores sobre "armas a laser" da Guerra Fria.

O avistamento de OVNIs ocorreu em 1973 e foi revelado pela primeira vez ao público num "Relatório de Informações de Inteligência" publicado pela CIA em 1978. Fortemente redigida, a versão desclassificada do documento contém apenas um parágrafo, detalhando num estranho encontro com um OVNI num lugar chamado "Site 7".

O encontro com o OVNI ocorreu durante o verão, quando a fonte do avistamento "saiu para respirar", dando um tempo para assistir a uma partida desportiva Canadá e URSS na televisão. Era noite, e a fonte viu nele "um objeto circular não identificado de verde intenso (brilhante) ou uma massa no céu".


O observador acredita que o objeto estava flutuando acima do nível das nuvens, embora o céu estivesse limpo no momento da observação. A fonte não pôde, no entanto, estimar o diâmetro do objeto.

A visão tornou-se mais estranha a partir daí: “Dentro de 10 ou 15 segundos da observação, o círculo verde se alargou num curto período de tempo vários círculos verdes concêntricos se formaram ao redor da massa. Em alguns minutos a coloração desapareceu. Não havia som, como uma explosão, associado ao fenômeno ”, afirma o documento.

Mas, após um pedido de revisão obrigatória da desclassificação pelo investigador John Greenewald, do The Black Vault - um site especializado em registos desclassificados do governo - a CIA publicou uma imagem mais completa do avistamento, que foi registado no contexto de um relatório detalhado de inteligência sobre atividades militares no campo de teste de armas de Sary Shagan da União Soviética.

Greenewald traçou uma linha direta entre os avistamentos da era da Guerra Fria e encontros semelhantes de UAP documentadas pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, sendo o mais famoso os objetos não identificados que aparecem em três vídeos publicados pela Marinha dos Estados Unidos pela Academia de Artes e Ciências To The Stars em 2017 e no início de 2018.

Posteriormente, um oficial militar revelou ao The Washington Post que os UAPs interferem no espaço aéreo militar várias vezes por mês.

"Isso é muito semelhante ao contexto que vemos hoje, com ameaças a instalações militares", disse Greenewald à Newsweek em entrevista por telefone. “A Marinha dos Estados Unidos declarou publicamente que isso é uma preocupação. Eles estão sendo invadidos por esse fenômeno não identificado”.

O arquivo desclassificado mais completo publicado pela CIA detalha as atividades no campo de teste, incluindo mapas aproximados das instalações, a hierarquia de comando e estimativas de pessoal, o que o torna uma inteligência fascinante da era da Guerra Fria, mesmo sem o dramático encontro com o OVNI. As armas testadas nas instalações incluíram mísseis e ogivas experimentais com cartuchos carregados com centenas de bolas de metal.

É possível que mais armas experimentais também tenham sido desenvolvidas no campo de testes. “Segundo os rumores, os experimentos com armas a laser foram realizados num local desconhecido no campo de tiro. Os testes supostamente envolviam antenas poderosas ”, observa o relatório.

O local 7, onde ocorreram os avistamentos de OVNIs, foi a sede da "unidade de verificação ogiva" e uma guarnição de pessoal da Força Aérea Soviética.

Embora menos conhecido nos círculos de pesquisa dos EUA, o avistamento é apenas um dos inúmeros encontros com fenômenos aéreos não identificados que cercaram as instalações militares soviéticas durante a era da Guerra Fria, semelhantes às invasões inexplicáveis ​​ainda registradas pelas forças armadas. Americanos

A Newsweek também se dirigiu à Agência Central de Inteligência com uma solicitação de contexto adicional em torno do documento, mas não tinha notícias a tempo da publicação.

Artigo original de https://israelnoticias.com/tecnologia/informes-cia-ovnis-misiles/

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

FBI e autoridades investigam invasão de OVNIs ou Drones em vários estados dos EUA

Avistamentos misteriosos em três estados dos EUA levam à investigação do FBI As agências federais e as autoridades policiais do Colorado, Kansas e Nebraska se uniram para investigar avistamentos misteriosos de drones nos Estados Unidos, que alguns afirmam ser enxames de OVNIs (objetos voadores não identificados).

Avistamentos misteriosos

Desde meados de dezembro, os departamentos do xerife na área fronteiriça dos três estados receberam pelo menos 30 relatórios de avistamentos noturnos de drones ou objetos semelhantes a drones voando no céu em formação, às vezes em grupos de mais de uma dúzia, relatado pela CNET.
O FBI, a Federal Aviation Administration (FAA) e a Força Aérea dos EUA também foram chamados para investigar os avistamentos.


"Várias divisões da FAA estão trabalhando em estreita colaboração com as partes interessadas federais, estaduais e locais para tentar determinar se os avistamentos relatados no Colorado e no Nebraska são drones e, se sim, quem os está operando e por que motivo", disse a FAA em comunicado. Segunda-feira.

Quem está por trás desses enxames?

No entanto, a partir de agora, ninguém parece saber quem está operando essas máquinas.
A FAA também acrescentou que alcançou locais de teste de sistemas de aeronaves não tripuladas (UAS), empresas de drones e empresas autorizadas a operar drones na área, mas não encontrou ninguém responsável pelos surgimento desses objetos.


De acordo com a Gazeta de Colorado Springs, a Força Aérea pode estar por trás desses objetos voadores, como parte de um programa secreto de contra-drones projetado em parte para manter as câmeras aéreas longe dos diversos silos de mísseis na região onde os avistamentos foram relatados .
No entanto, o Gabinete do Xerife do Condado de Morgan organizou uma reunião com vários parceiros policiais e disse que a Força Aérea havia negado qualquer tipo de envolvimento.

Drones ou OVNIs?


O fato de ninguém estar assumindo a responsabilidade pelas observações levou alguns a acreditar que essas máquinas voadoras são OVNIs sendo controladas por extraterrestres.
Muitos cidadãos preocupados foram às mídias sociais para compartilhar imagens e vídeos dos misteriosos aparelhos voadores ainda por identificar.

www.ibtimes.sg

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

OVNI triangular gigantesco visto acima do Texas dias após avistamento em Nova York

O enorme objeto se moveu lentamente pelo céu noturno no dia de Ano Novo e tem uma semelhança surpreendente com o chamado OVNI visto acima do estado norte-americano de Nova York apenas alguns dias antes. 

Um enorme OVNI em forma de triângulo foi filmado pairando sobre o Texas apenas alguns dias depois que um similar gravado em Nova York.

O vídeo bizarro, gravado em Houston no dia de ano novo, mostra três luzes brilhantes movendo-se lentamente pelo céu noturno.


As luzes parecem permanecer numa formação triangular perfeita - provocando reivindicações de alguns crentes de que eles realmente formaram uma arte singular.
O vídeo foi compartilhado inicialmente por Stephaine Westerfield no YouTube a 3 de janeiro, onde disse: "Não tenho certeza do que são essas luzes".

Desde então, foi captado por vários canais de conspiração, provocando um frenesi entre os espectadores.

Uma das pessoa que viu o vídeo comentou: "É um grande objeto em forma de triângulo, como muitos que estão sendo vistos por todo o mundo".

www.dailystar.co.uk

Portugal não foi exceção no que toca a observações na noite de ano novo.
Na Quinta do Lago no Algarve algo era registado por uma turista britânica nessa mesma noite.


Será caso para dizer... Fique atento ao céu noturno e com o smartphone sempre por perto.

Novos sinais vindos do espaço

Os cientistas estão talvez mais animados com a natureza da galáxia que os está enviando. Parece ser semelhante ao nosso, dizem eles. "A identificação da galáxia hospedeira para os FRBs é fundamental para nos informar sobre que tipo de ambientes os FRBs vivem e, portanto, o que realmente pode estar produzindo FRBs", disse Sarah Burke-Spolaor, professora assistente de física e astronomia e coautora de um novo artigo. papel na natureza.

"Esta é uma pergunta para a qual os cientistas ainda estão tentando entender os canudos".


Essa descoberta acrescenta mais mistério à questão de onde os FRBs vêm.
A primeira das explosões veio de uma minúscula galáxia composta de metais e estrelas recém-formadas, o que levou os cientistas a sugerir que eles poderiam ser o resultado do tipo de estrelas encontrado lá - mas isso não se aplicaria à galáxia recém-descoberta. Isso significa que os astrônomos terão que considerar outras explicações sobre como os FRBs são gerados e podem sugerir que há várias origens.

A fonte recém-descoberta, denominada FRB 180916, fica a apenas meio bilhão de anos-luz da Terra e muito mais próxima do que outras explosões encontradas no passado.
É sete vezes mais perto do que a única outra explosão repetida que foi rastreada. Isso poderia permitir um estudo mais aprofundado da explosão que poderia dar mais pistas sobre a origem das explosões, disseram os cientistas.

Fonte The Independente

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Astronauta britânica defende que extraterrestres existem e que podem estar na Terra

Por SIC Notícias

Helen Sharman foi a primeira astronauta britânica a ir ao Espaço.

A primeira astronauta britânica defende que os extraterrestres existem e que é possível que estejam a viver na Terra, entre os humanos, sem que sejam detetados.

"Existem milhões e milhões de estrelas lá fora no universo e devem existir todo o tipo de diferentes formas de vida. Serão como eu ou tu, feitos de carbono e nitrogénio? Talvez não."

As declarações são de Helen Sharman, a astronauta que visitou a estação espacial da União Soviética, Mir, em 1991.

Citada pela CNN, a astronauta defende mesmo que "é possível que eles estejam aqui, neste momento, e nós simplesmente não os conseguimos ver".


Helen Sharman passou oito dias na estação espacial, quando tinha 27 anos, fazendo dela uma das mais jovens astronautas a entrar em órbita.

Se você observou algo de extraordinário reporte através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt


UFO Portugal Network, desde 2007 a informar o público...

Vigilante resgista em vídeo Objecto Voador Não Identificado em Portimão Algarve

Correio dos leitores, relato reportado ao Ufo Portugal Network

Este é um exemplo dos inúmeros relatos que vão sendo reportados ao Ufo Portugal Network fora do tempo da sua observação.
Porém não deixam de ser extremamente importantes, visto poderem conter informações de grande importância, relevância para outras testemunhas que optam pelo silêncio devido ao receio do descretido ou não existência de outras testemunhas, após consulta dessa informação através da imprensa ou redes sociais no momento dessa mesma observação.
Esta é uma das formas a que o Ufo Portugal Network, tem vindo a incentivar as testemunhas a enviar os seus relatos, suas observações anómalas ou desconhecidas perante o seu conhecimento.

Observação realizada na madrugada 03 de Maio 2019

Horas:4:22h

Local:Prainha Alvor Portimão - Algarve

Testemunha: Anónimo

Vídeo


Relato
"Como sou sou segurança no aldeamento Prainha estava a fazer a ronda pelo aldeamento como a essas horas o aldeamento está calmo fui sentar num banco a ouvir música em frente ao mar no momento que estou a chegar estava no telemóvel olho para o horizonte no momento que olho pro horizonte começo a reparar num aparelho gigante mas como sou era um pouco cético a esse assunto ainda tentei observar se não era uma outra coisa mas foi aí que ao ver aquilo a vaguear por aquelas horas da madrugada no local que era comecei a  perceber o que era ,e comecei a observar os detalhes da nave ,nave arredondada era grande ela estava a vaguear por cima do mar com as luzes a sair por baixo da para perceber um pouco no vídeo ,luzes tipo como se fossem das janelas ou decoração eram pequenos quadradinhos com luzes roxas cor dela era branca acinzentado,no momento que vi que estava a vaguear com mais força pensei que tinha notado a minha presença e comecei a ir embora foi quando comecei a ir embora que tentei gravar um pouco esqueci me é de por zoom mas naquele momento faltam nos ideias".

Abaixo imagens da localização da passagem do Objecto Voador Não Identificado, registado pela testemunha.



Através da base de dados do UFO Portugal Network, temos um registo no dia seguinte deste incidente, de uma outra observação realizada em Gondomar.

Se observou o mesmo fenómeno, poderá entrar em contacto connosco através do e-mail: ufo_portugal@sapo.pt

O seu testemunho é de extrema importância de forma a podermos apurar a sua observação e de outras testemunhas.

domingo, 5 de janeiro de 2020

Orbe pulsante filmado voando erraticamente no céu da Carolina do Sul EUA. Será um OVNI?

Pai e filho foram jantar na Carolina do Sul e disseram ter visto algo inexplicável no céu no dia seguinte ao Natal: uma esfera brilhante que lembrava uma estrela, mas saltou e flutuou por quase 5 minutos.

Jay Wilson e o seu filho de 14 anos, Cameron, partilharam um vídeo do orbe no YouTube na semana passada, o que eles registaram em Laurens, uma cidade a cerca de 110 quilômetros a noroeste de Columbia.

O vídeo mostra a esfera parada, desaparecendo e movendo-se para trás de uma linha de árvores. Suas mudanças de direção são erráticas e parecem desafiar as capacidades de um helicóptero.


"Não, não volte aqui", ouve-se Jay Wilson dizendo no vídeo, à medida que o objeto se aproxima. "Isto é o mais louco que eu já vi."

Wilson contou à McClatchy esta semana que ele e o seu filho viram o objeto por volta das 18h.26m de dezembro, enquanto seguiam para o metrô.

“O que chamou a minha atenção foi a cor da luz. Nunca vi algo assim. É difícil de explicar. Apenas se destacou ”, disse Wilson num email.

“Primeiro pensei que era alguém atirando fogos de artifício, até passar da vertical para a horizontal instantaneamente. Foi quando peguei no meu telefone e parei na estrada para gravar. Eu sabia que isto era algo para ver.

Ele ainda não tem certeza do que foi e os comentaristas do YouTube não ofereceram idéias viáveis.

Possíveis explicações incluem alguém com um laser portátil ou um drone. Mas essas teorias desmoronam ao assistir as acrobacias, sem mencionar a luz que desaparece atrás das árvores. Um laser a refletir nas árvores.

"Nunca vi nada parecido na minha vida. Vê-lo com meus próprios olhos, em vez de vídeos do YouTube, é de tirar o fôlego ”, disse Wilson a McClatchy.

 “Apenas assista ao vídeo e veja como essa objeto se move. Uma coisa que notei foram alguns segundos antes de começar a se mover e que ficaria mais brilhante. Você também pode ver isso no vídeo. Era como se estivesse cobrando ou reunindo energia.

O vídeo é o mais recente de uma série de avistamentos de OVNIs relatados na Carolina do Sul nos últimos meses, incluindo alguns gravados na costa.

A Mutual UFO Network (MUFON), organização sem fins lucrativos, não divulgou um registro dos avistamentos de OVNIs em dezembro na Carolina do Sul, mas diz que houve três em novembro. A Carolina do Norte registrou 13 avistamentos durante o mês, informa a MUFON.

Enquanto isso, o total nacional para novembro foi de 407 relatórios, a maioria descrita como círculos ou esferas, diz a MUFON.

 "Eu meio que acredito em OVNIs", disse Wilson a McClatchy. "Eu já vi coisas assim antes, mas nunca estive em posição de gravar."

www.charlotteobserver.com

OVNIs na Bélgica? Um boom no número de relatórios em 2019

Relatos de objetos voadores não identificados tiveram um aumento considerável no ano passado na Bélgica, de acordo com o "UFO-meldpunt", que recebeu 266 relatos em 2019 enquanto os cobeps, de língua francesa, contavam 85 por sua parte. 

Duas ondas de relatórios teriam aumentado os números.
O primeiro ocorreu em maio, quando a SpaceX lançou os primeiros 60 mini-satélites de sua constelação "Starlink".
A segunda ocorreu a 14 de setembro, quando um balão meteorológico da Irlanda explodiu no céu de Ghent, causando 37 relatos ao UFO-meldpunt, um recorde em apenas um dia.

Os relatórios com detalhes suficientes são analisados. Em muitos casos, a equipe concluiu que o objeto observado era um balão (57 de 266 relatórios de OVNIs), um satélite (46) ou detritos espaciais ou uma estrela cadente (29).

www.lalibre.be

quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

Santarém - Portugual: Luz no céu desperta atenção

Observação realizada na noite 23 Dezembro de 2019, pelas 21 e 22 hora noturna.

Segundo a testemunha Sra. Maria Lopes, se trata de uma luz vermelha, que terá tido uma movimentação estranha.
Foi essa movimentação anómala que lhe chamou atenção.

A não visibilidade da luz vermelha se deve ao reajuste e autofocus automático de luz, diafragma do equipamento.

Aqui deixamos os dois vídeos realizados pela testemunha gentilmente reportados ao UFO Portugal Network.



Se você viu o mesmo fenómeno na região e observou algo de extraordinário ou estranho, entre em contacto conosco através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt 

Observação na noite de Réveillon na Quinta do Lago Algarve

Esta noite na Quinta do Lago Algarve.
Será o primeiro registo de 2020!

Relato da testemunha...

Hello,

Firstly, Happy New Year to you.

I have a video of something I saw last night while enjoying the view from my hotel balcony in Quinta do Lago area. I first noticed these two large clusters of colour moving in the sky at a fairly slow speed. They moved together, I started to video the movement and zoomed in and noticed the colours were "rotating". The objects were large, and suddenly disappeared by dropping down below the buildings. I am sorry I stopped videoing, I was conscious that my partner was talking in the background.
I first saw the object at 00.20am on 1st January 2020.


Kind Regards,

O UFO Portugal Network não sabe ao certo se este objecto poderá ou não ser um drone.
Porém ficamos dependentes de outras testemunhas que nos possam contactar através do e-mail ufo_portugal@sapo.pt 

Ovnilogia, balanço de actividade 2019 em observações anómalas no país


O ano 2019, foi sem dúvida um ano de percussões a nível internacional com um grande destaque da imprensa no que se refere a OVNIs "Objectos Voadores Não Identificados", devido a uma semi abertura ou senão manifestação sobre a Marinha dos EUA se envolver diretamente no estudo destes objectos voadores não identificados, e como não poderia deixar de ser o envolvimento do Pentágono.

Portugal no que retrata a imprensa, não deu um grande destaque no assunto "Casos Nacionais", porem deu mais importância aos casos ocorridos lá fora "Internacionais".
No que se refere a observações a que o Ufo Portugal Network tenha conhecimento através do correio eletrónico que nos tem chegado ao longo do anos, contamos com um total de 12 observações.
Muitas outras foram chegando, porém identificadas essa observações que se enquadraram na catalogação do identificável.
Uma pequena percentagem dessas manifestações entraram também elas no inconclusivo, pela falta de informação ou mesmo imagens que não nos ajudaram muito devido a uma qualidade de imagem muito fraca, o que acaba de alguma forma por ser lamentável.

As observações no território nacional foram muito dispersas no ano 2019, em relação a anos anteriores. Não houve um mês em destaque, como ocorre com frequência na época veraniana, pelo facto das pessoas se encontrarem mais tempo no exterior devido às condições climatéricas favoráveis, tempo quente ou férias!
Este é um factor fundamental que tem potenciado significativamente o número de observações à escala global, mas não em Portugal no ano findado!

No mês de Setembro decorreu a Vigília Nacional 2019, realizada nos dias 27 a 29, da qual contou com um excelente registo em vídeo de uma das participantes deste evento.
Observação essa realizada em Lisboa.



Figura do ano na Ovnilogia Nacional

Francisco Mourão - Exopolitic - Portugal
Consideramos a figura do ano na Ovnilogia Nacional, Francisco Mourão da Exopolitic Portugal, pela sua excelente participação de âmbito internacional pelo History Channel, levando aos quatro cantos do planeta um pouco da nossa ovnilogia "casos nacionais".

A sua participação é deveras importante para que lá fora, se tenha conhecimento destes fenómenos recorrentes no nosso país.

Sem dúvida que 2019 acabou por ser um ano interessante no que retrata a ovnilogia nacional lá fora, ou não seja isso o exemplo do Ufo Portugal Network e respectiva Vigília Nacional 2019, ter sido falada, comentada durante o evento (Storm Area 51), através de Michael W. Hall.



Paulo Jorge Cosmelli, foi também ele fundamental através da imprensa com o seu desempenho e consultor no que se refere a fenómenos anómalos não identificados.

Contudo o trabalho do Ufo Portugal Network, irá prosseguir com o mesmo desempenho de sempre dando a voz daqueles que observam algo de extraordinário no país.

Esperemos que 2020, seja um ano de novos horizontes, revelações sobre este tão polémico mas apaixonante assunto. Que seja um ano em que a nossa imprensa nacional se resigne a um pouco mais a estes fenómenos no nosso território.

Um especial agradecimento a todos aqueles que em nós confiaram e depositaram confiança nas sua observações.

OVNIs existem: os governos não querem que saibamos a verdade?

Há 15 anos, o cientista político nascido na Alemanha publicou o que é considerado o primeiro estudo acadêmico sobre o fenômeno.
Hoje é uma referência.

John Edward Mack era um psiquiatra, escritor e professor americano na Harvard Medical School. Ele foi o Prêmio Pulitzer na categoria biografia, um dos principais pesquisadores e escritores de experiências de seqüestro e defensor da eliminação de armas nucleares.

No início dos anos 90, Mack iniciou um estudo com mais de uma década de 200 homens e mulheres que relataram terem experiências recorrentes de seqüestro extraterrestre. Tais reuniões receberam pouca atenção de figuras acadêmicas (R. Leo Sprinkle foi talvez o primeiro, na década de 1960). Mack, no entanto, provavelmente ainda é o acadêmico mais estimado em estudar o assunto.

Inicialmente, ele suspeitava que essas pessoas sofressem de doenças mentais, mas como não havia patologias óbvias após as entrevistas, seu interesse despertou. Após o incentivo de seu velho amigo Thomas Kuhn, que previu que a questão poderia ser controversa, mas instando-o a coletar dados e a ignorar a análise materialista, dualística e "uma ou outra" predominante, Mack iniciou um estudo e entrevistas combinados. Muitos dos entrevistados relataram que seus encontros afetaram sua maneira de ver o mundo, incluindo a produção de um maior senso de espiritualidade e preocupação com o meio ambiente. Mack foi um pouco mais cauteloso em suas investigações e interpretações do fenômeno do seqüestro do que os pesquisadores anteriores.

Seu interesse pelos aspectos espirituais ou transformacionais das experiências de abdução e sua sugestão de que elas mesmas possam ser mais transcendentes que físicas por natureza - embora reais - o diferenciaram de muitos de seus contemporâneos, como Budd Hopkins, que defendia para a realidade física dos alienígenas.

Sua pesquisa subsequente foi estendida à consideração geral dos méritos de uma noção expandida da realidade, que permite experiências que podem não se encaixar no paradigma materialista ocidental, mas que afetam profundamente a vida das pessoas. Seu segundo (e último) livro sobre as experiências de seqüestro, Passaporte para o Cosmos: Transformação Humana e Encontros Alienígenas (1999), foi um tratado filosófico que conecta os temas da espiritualidade moderna e da visão de mundo, e o ponto culminante de seu trabalho com "Experimentadores" de encontros extraterrestres, a quem o livro é dedicado.

Existem OVNIs, professor?

John E. Mack É, simplesmente, um fato.

O trabalho provocativo de Wendt se tornou um clássico da ufologia no mundo acadêmico. Nele, o já renomado cientista político enfia o dedo na ferida ao lembrar que, se não sabemos o que acontece aos OVNIs, é porque é uma das grandes ameaças à autoridade do Estado contemporâneo. Segundo o autor, o fenômeno OVNI era um tabu que nem a ciência nem as administrações públicas estavam dispostas a discutir. A ignorância extraterrestre era uma questão política, não científica, na medida em que a soberania política moderna é antropocêntrica desde que o homem matou Deus.

John Edward Mack
O professor de Ciência Política da Universidade Estadual de Ohio lembra como ele havia explicado 15 anos atrás, não há dúvida de que os OVNIs, entendidos como objetos não identificados, existem. A amostra é que desde 1947 foram relatados cerca de 100.000 avistamentos. A maioria deles pode ser explicada de maneira convencional, ele admite, mas entre 5 e 20% não são tão fáceis de explicar.

Existem alienígenas?

Ninguem sabe. Eu não sei. E você? Mas assisto aos vídeos do exército e o que eles mostram é incrível. Pode haver uma explicação, mas ninguém pesquisou cientificamente o que é necessário descobrir. Então não podemos saber.

O trabalho de Wendt, que o tornou numa das autoridades "sérias" em ufologia nos Estados Unidos, não visa, portanto, responder à grande questão, mas levantar outra questão ainda mais importante: como é possível questão tão perturbadora e surpreendente quanto o fenômeno OVNI dificilmente desperta interesse entre a comunidade científica ou entre autoridades políticas, pelo menos explicitamente?

Por que ninguém tenta responder a essa pergunta?

Se assumirmos que é um tabu, lembre-se de que os tabus estão associados ao medo. Não se trata apenas das autoridades, os cientistas são ainda piores que o governo. Existe um medo subconsciente de encontrar vida extraterrestre. Há outra razão, o antropocentrismo do estado moderno. A soberania é exclusivamente humana. A mera possibilidade de sua existência põe em questão sua função. Então, para os Estados, é uma situação problemática na qual eles só podem perder.

Um tópico sobre o qual você não pode falar

Segundo o autor da teoria social social das relações internacionais ', o Estado e a ciência criaram uma estrutura argumentativa que torna impossível não apenas investigar essa porcentagem de casos duvidosos, mas até levantar a questão. É uma relação simbiótica, na medida em que o Estado baseia suas premissas na ciência, por meio da qual obtém apoio e prestígio institucional, enquanto a ciência prefere olhar para o outro lado.

É comum tratar as pessoas que acreditam em OVNIs como ignorantes, estúpidas ou retardadas, porque é uma forma de diminuir as preocupações das outras pessoas.

No seu artigo original, Wendt identificou quatro técnicas através das quais a discussão sobre OVNIs havia sido considerada um tabu: a representação de qualquer pesquisa sobre o assunto como "pseudociência"; relatórios oficiais, como o Relatório Condon de 1969, que não são realmente científicos; sigilo oficial, que impede o acesso aos arquivos; e uma "disciplina foucaltiana" na qual, através de ataques aos 'crentes', a população foi treinada para que não se atrevam a fazer a pergunta.

É politicamente útil que os apoiadores da pesquisa OVNI sejam apresentados como nerds?

Bem, acho que alguns programas de TV são pro OVNI. Eles me entrevistaram há algumas semanas para o History Channel e me trataram com respeito. Em um nível mais geral, é comum tratar as pessoas que acreditam nos OVNIs como ignorantes ou estúpidos, mentirosos ou pessoas com uma grande imaginação, para acabar com sua reputação e desprezar a preocupação das pessoas. Mas acho que será cada vez mais difícil, porque o exército está mudando sua política. Os céticos contribuem para esse objetivo se passando por ficção científica, mas essa realidade acabará surgindo.

Os limites do imaginável

Se "Soberania e OVNIs" merece uma leitura, não é tanto porque desafia os tabus sem complexos da vida em outros planetas, mas porque nos faz repensar nossa relação com o mundo. O que consideramos possível, quão impossível e de que maneira confiar na realidade dada - um mundo em que a democracia liberal é a forma de estado por excelência e em que o ser humano está no centro - nos cega para Outras possibilidades políticas.

Wendt nunca deixa de ser um cientista político quando se lembra de que uma das razões pelas quais os OVNIs e alienígenas são tão difíceis para o estado moderno é porque ele está preparado para enfrentar quase qualquer situação imprevista (guerras, imigração, pandemias, terrorismo) menos à possibilidade de que, durante a noite, seja descoberto que existe vida inteligente em outros planetas.

Seria um desafio descobrir vida extraterrestre?

Talvez.
Enquanto encontrarmos bactérias em Marte ou algo assim, a ideia de que os humanos estão no comando não mudará. Seria necessário que os alienígenas entrassem na sua nave espacial! Para mim, é apenas uma questão de tempo. A grande questão é que, se eles estão aqui, por que eles não aparecem? E acho que sim, de certa forma: irritando nossos pilotos estão exigindo sua atenção. Eles podem pensar que alguns desses humanos estúpidos podem se perguntar o que estão fazendo aqui.

O que podemos aprender politicamente com o tabu OVNI? Apenas cinco anos atrás, quem dissesse que Trump se tornaria presidente dos Estados Unidos seria tão ridicularizado quanto aquele que afirma que os OVNIs existem hoje. Entretanto…

É verdade que também era inimaginável que Trump vencesse. Ele quebrou um milhão de tabus desde que chegou ao poder, o que é terrível. Mas as coisas estão mudando de outra maneira em todo o mundo: por exemplo, eu vi como o casamento gay foi aprovado. OVNI de Alicante, imagens espetaculares capturadas na tempestade
DANA de setembro de 2019.

Existem mais movimentos liderados por pessoas. Nesse caso, eles foram os pilotos. Então, para mim, a lição política é a capacidade das pessoas de se mobilizarem em favor de certas causas que tornam o mundo um lugar melhor. Como nas mudanças climáticas. Os governos podem não ser capazes de resolver o problema, mas as pessoas podem.


Bem, espero que um dia possamos saber a verdade, seja ela qual for.

agencia6.com