quinta-feira, 29 de novembro de 2018

🎥 Pescador filma ovni em Cape Lookout National Seashore, Carolina do Norte EUA

Avistamento a 20 de novembro de 2018 Cape Lookout National Seashore, Carolina do Norte EUA.
Vídeo minimamente curioso...

Descrição da testemunha...
"Eu estava pescando na praia de Cape Lookout na noite de terça-feira, 20 de novembro por volta das 20:00h e estava no local cerca de uma hora sem nada de anormal acontecer.
Por volta das 21:00h preparei as canas de pesca, e voltei para casa. Quando regressei para verificar se tinha capturado algum peixe, vi uma luz no céu, a luz é muito brilhante, estacionária e silenciosa, e ao longo da hora seguinte ela entra e sai, assim como às vezes se transformam em múltiplas luzes. Uma vez que foi completamente afastado por cerca de 20 minutos e depois reapareceu muito mais próxima da minha posição. Este vídeo é a partir desse intervalo de tempo. Novamente, uma vez que apareceu, iria desaparecer e se tornar até quatro luzes de uma vez, mas nunca mudou sua posição geral ".

Tire as suas próprias conclusões...


Canadá: Pilotos relatam Objeto Voador Não Identificado


Pilotos relatam o avistamento de um objeto voador não identificado a 24 de novembro, enquanto voavam de Iqaluit para Mary River, no norte da ilha de Baffin Canadá
Os pilotos pilotavam um jato Boeing 737 da Nolinor Aviation da qual mencionam que o avistamento ocorreu por volta das 20h30m horário local.

O relatório do incidente para o Sistema de Relatórios de Ocorrência da Aviação Civil da Transport Canada, ou CADORS, forneceu poucos detalhes sobre o que eles viram, mas sugeriu que o avistamento poderia ter envolvido um balão meteorológico, meteoro, foguete ou outro objeto voador não identificado.


No relatório CADORS, o objeto voador não identificado é chamado de CIRVIS / UFO, uma abreviatura de “Instruções de Comunicações para Relatos de Avistamentos de Inteligência Vital” para um OVNI.

O relatório CADORS diz que o Comando Norte-Americano da Defesa Aeroespacial, NORAD, foi informado deste avistamento".
Quanto ao que acontece agora com este relatório CADORS, a Transport Canada avança que “com relação aos próximos passos quando relatórios como esses são gerados, isso depende do tipo de incidente relatado”, e que “as informações devem ser tratadas como preliminares, não substanciada e sujeitas a alterações ”.

O piloto conta  que viu uma luz brilhante, que mudou de vermelho, verde e por fim para branco, e que podia ser efetivamente  uma estrela ou um meteorito, mas "provavelmente algo natural", sugeriu Prud’homme.

Várias fontes online sugerem que um relatório de um OVNI pode comprometer a carreira de um piloto.
Este poderá ser o maior receio de um piloto de linha.

No entanto, tais relatos de OVNIs parecem não ser tão incomuns: no mês de novembro, vários pilotos relataram ter visto um OVNI “muito rápido” acima da Irlanda.

"Ele veio do nosso lado esquerdo (desviou rapidamente) para o norte, vimos uma luz brilhante ela simplesmente desapareceu a uma velocidade muito elevada"...

"O contínuo relato de OVNIs pelo público e o aumento anual do número de avistamentos sugere a necessidade de um exame mais aprofundado do fenômeno por cientistas sociais, médicos e / ou físicos", diz o relatório.

Houve relatos de OVNIs feitos no solo em Nunavut.

A 16 de setembro de 2016, em Iqaluit, uma testemunha disse que estava indo para casa e estava olhando para a aurora boreal “quando um monte de luzes estreladas se movia em sequência que lhe terá chamado a atenção. Então vi um avião l, e quando voou para as luzes ele sumiu de vista até chegar ao outro lado.
“De repente eu vi algo brilhante, e eu olhei para cima e vi de novo, e aconteceu mais uma vez, fiquei um pouco nervosa.

Outro relatório sobre OVNIs de julho de 2011 em Iqaluit.

“Havia uma luz azul girando em torno de outra luz azul estacionária. Corri para a minha câmera e quando voltei para fora do 'ovni' estava numa altitude muito maior e, portanto, o vídeo. Ficou no céu por quase três horas tive pelo menos 60 testemunhas, a maioria apenas curiosa mas surpreendida e espantada, uma mulher até se assustou e correu para dentro de casa ”.

sábado, 24 de novembro de 2018

Relatos de óvnis e seres estranhos na cidade de Passa Tempo (MG)

A cidade de Passa Tempo, localizada no oeste mineiro, possuí inúmeros casos de aparições de óvnis e seus tripulantes. Não são poucos os relatos antigos e atuais, onde moradores da zona rural contam suas incríveis experiências vivenciadas com este fenômeno. Estes casos são investigados por Ufólogos como Antonio Faleiro que é morador da cidade. O programa "Crônicas da Cidade" da filiada da rede Globo, EPTV MG, mostra alguns destes casos.



Abaixo matéria do ano de 2013 sobre a presença deste fenômeno em Passa Tempo (MG):


 Conversa com Antonio Faleiro, o Niginho de Passa Tempo/MG sobre suas pesquisas ufológicas e as aparições de discos voadores na região de Passa Tempo:



 FONTE: Marco Antonio dos Santos Pesquisa Ufológica - Heraldo Jacques - Colibri Filmes
Fonte: Ufos-Wilson


sexta-feira, 23 de novembro de 2018

OVNI SUPERSÓNICO interceptou vôo da Força Aérea Americana durante missão secreta

Um piloto da Força Aérea dos EUA fez uma afirmação bombástica sobre a sua experiência pessoal com um suposto OVNI.

O piloto, que optou por permanecer anônimo, deu o seu testemunho como parte do Disclosure Project - uma investigação sobre os fatos por trás dos OVNIs ao longo dos anos, Steven Geer, que lidera o projeto da pesquisa, passou anos recolhendo provas para montar o filme "Unacknowledged".

Nele, um ex-piloto da Força Aérea dos EUA fez uma revelação surpreendente sobre sua aparente experiência em primeira mão ao voar sobre Alemanha em plena missão secreta.



“O avião em que eu estava voando era um F-104, que era a aeronave mais rápida naquela época”, revelou. “Estávamos voando sobre o rio Reno a grande altitude quando vi um vagão (OVNI) às 10 horas (noroeste). “Eu retransmiti a informação e o capitão disse 'vamos checar'.
“Nós chutamos o pós-combustor e fomos atrás dele, mas desapareceu misteriosamente aos nos interceptar.
“Depois deste episódio o capitão disse: 'o que você fizer, por favor, não diga nada sobre isto, certamente nos irá causará muitos problemas".

Essa foi a minha primeira introdução aos encobrimentos.

 O piloto viajava num Lockheed F-104 Starfighter - um avião interceptador supersônico de motor único.
Capaz de viajar a velocidades superiores a 2000 km/h, o OVNI que encontraram aparentemente os ultrapassou.
O F-104 estabeleceu inúmeros recordes mundiais, incluindo os níveis de velocidade e altitude.

No entanto, o fraco histórico de segurança do avião o colocou nos olhos do público, especialmente na Alemanha.

 As revelações do piloto acontecem apenas um dia depois de um astronauta da Apollo 14 fezer uma admissão sobre alienígenas.

O piloto do Módulo Lunar Edgar Mitchell afirmou que o governo estava ciente da vida extraterrestre e estava escondendo a verdade a verdade ao público.


Fonte

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Príncipe Philip envolvido em "encontro próximos com OVNIs"

PRÍNCIPE Philip felicitou pessoalmente um piloto militar que alegou ter expulsado um OVNI da Grã-Bretanha, de acordo com o veterano envolvido há 40 anos.

Major George A. Giller era um oficial de inteligência da Força Aérea para a USAF, que alega ter encontrado um OVNI sobre a Inglaterra. 

Ele diz que o seu jato recebeu uma ligação da London Air Traffic Control sobre uma aeronave que não conseguiu se identificar perto de Stonehenge, Salisbury.
No entanto, quando George chegou lá para inspecionar, o "Objeto" disparou da cena.
"Estávamos a 33.000 pés e o OVNI estava a menos de 1.000 pés", disse ele no filme da Netflix, "Unacknowledged".

"Nós mergulhamos nele e eventualmente chegamos perto e parecia um navio de cruzeiro no mar com todas as luzes brilhantes.
"Tinha aproximadamente um quilômetro de comprimento e foi para o espaço." 

O controle de Londres acaba por dizer "você pode continuar com sua missão" agora?


No entanto, esse não foi o fim da história de George, como ele se lembra de ter se encontrado com o Prince Philip, como resultado de seu encontro próximo, acrescentou: "Aparentemente, o príncipe Philip pensou que era muito importante e nos convidou para jantar.

"Ele sabia tudo sobre o fato de que havíamos perseguido o OVNI e me fez acreditar nele desde então.
"Quando alguém de sua estatura indica que eles são reais e de outro planeta, é muito convincente."

George deu seu testemunho como parte do Projeto de Divulgação, que afirma que os OVNIs e alienígenas foram cobertos por agências do governo por anos. 

O Dr. Steven Greer, que lidera o projeto, falou com diretores da CIA, altos generais do Pentágono e muitos militares sobre suas experiências ao longo dos anos.

Um ex-traumatologista, Steven voltou seus interesses para a ufologia e abriu o Centro para o Estudo da Inteligência Extraterrestre.

Fonte

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Fenómeno OVNI no Canadá CTV News

Enquanto a imprensa portuguesa se dedica ao futebol, novelas e políticas, a imprensa estrangeira mostra interesse em assuntos de real interesse público.




Detetive revela formação de comité internacional de estudo do fenómeno ovni para reconhecimento da ONU

No  passado sábado decorreu no auditório do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, a conferência anual do grupo de Exopolítica Portugal que, tal como em ano anteriores, teve o apoio do Jornal das Caldas e da Rádio Mais Oeste. Este ano o convidado especial foi Gary Heseltine, detetive aposentado da polícia britânica e fundador e editor da revista The UFO Truth Magazine, sendo atualmente o principal nome da ufologia no Reino Unido.

Gary Heseltine, detetive oficial da polícia britânica, foi o convidado especial deste evento.
A conferência deste ano remeteu-nos para finais de dezembro de 1980, em Rendlesham, nas imediações de uma base nuclear norte-americana (em território britânico), onde durante três dias foi reportada a presença de um estranho objeto a circundar a base, sendo disso testemunhas o próprio comandante da base, assim como diversos oficiais e recrutas.

Inclusive um dos militares, Jim Pennistin terá tocado no objeto, que rapidamente numa ascensão vertical abandonou o local, deixando no solo marcas e elevados níveis de radioactividade, conforme relatório militar oficial de época. 

Gary Heseltine, detetive oficial da polícia Britânica que estuda este incidente desde 2003, foi o convidado especial deste evento nas Caldas da Rainha, tendo partilhado perante um auditório de pessoas oriundas de todo o país o resultado das suas investigações sobre este caso.

O polícia inglês anunciou em primeira mão um documentário intitulado “Capel Green” a estrear em 2019, no qual serão entrevistadas outras testemunhas militares que apenas recentemente concordaram em se expor a público, trazendo consigo novas evidências e relatos na primeira pessoa sobre as ocorrências dessas noites envolvendo a aeronave. 

Segundo o detetive, este documentário ao estrear “irá provocar frenesim na imprensa, o que levará a explicações oficiais por parte governamental sobre o que realmente ocorreu”.
O detetive deu também a conhecer uma muito recente iniciativa chinesa para tentar desbloquear o chamado “Disclosure”, o reconhecimento oficial por parte dos governos de que o planeta Terra tem sido visitado por “outras inteligências”.
Gary Heseltine divulgou os primeiros passos de uma cimeira na Rússia na qual participou para a formação de um comité internacional de estudo do fenómeno ovni que visa o reconhecimento por parte da Organização das Nações Unidas (ONU) para o estudo do fenómeno e posterior mudança de paradigma para a divulgação oficial desta realidade.

Nuno Santos, cientista, abordou o fenómeno ovni à luz da ciência, bem como o sistema de propulsão que estas aeronaves possam eventualmente utilizar, assim como as formas teóricas de um dia se poder desenvolver tecnologia que contrarie as leis da gravidade, à semelhança do que os relatos destas aeronaves indicam.

Joaquim Fernandes, historiador da Universidade Fernando Pessoa, fez a sua intervenção via skype, uma vez que, por motivos de saúde, não pôde estar presente. Realizou uma pequena apresentação do seu mais recente livro “Ficheiros Secretos à Portuguesa”. Respondeu ainda a algumas questões por parte do público presente, relativas ao estudo de filamentos de origem desconhecida que caíram sobre Évora na década de 50 após a passagem de uma aeronave não identificada, da qual centenas de pessoas foram testemunhas.

Júlio Guerra, ex-piloto da Força Aérea Portuguesa, partilhou o relato na primeira pessoa de um encontro que teve com um objeto desconhecido durante um voo de treino. Explicou em detalhe todas as manobras realizadas pelos caças da Força Aérea que visavam “intercetar o objeto embora sem sucesso, uma vez que essa aeronave desconhecida realizava manobras que contrariavam todas as leis da aerodinâmica até ao momento conhecidas”.
Francisco Mourão Corrêa, coordenador do grupo Exopolítica Portugal, dedicou a sua intervenção a um rancho situado em Utah, nos Estados Unidos, conhecido como Skinwalker Ranch, no qual “são reconhecidas toda uma série de fenómenos inexplicáveis pelas leis da ciência, e outros de natureza bizarra como a mutilação de animais com precisão cirúrgica”. 
Partilhou com os presentes vários relatos e fotografias chocantes captadas naquele local, que é ainda hoje zona de estudo pelas altas patentes militares, americanas.
Filipe Maia, representante do Grupo Exopolítica para a zona centro, fez um balanço extremamente positivo do evento, salientando a disponibilidade da continuidade da realização do mesmo em Caldas da Rainha, reiterando para o efeito a relevância da parceria imprescindível com o Grupo Medioeste (Jornal das Caldas e Rádio Mais Oeste), bem como o importante apoio do Hotel Cristal Caldas, Restaurante Zé do Barrete e Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, ao professor Paulo Vasques e ao aluno do Curso Profissional Técnico de Audiovisuais, Guilherme Reis.

https://jornaldascaldas.com

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Vídeo incrível mostrar OVNI em Wicklow Irlanda

Aqui está um vídeo enviado para o jornal Irish Mirror, através da testemunha Laura Byrne, após uma resposta esmagadora à reportagem da primeira página em relação aos avistamento de OVNIs em Co Kerry na Irlanda. 
Falando para o irishmirror, Laura explicou as circunstâncias ao redor do vídeo.


"Fiz o vídeo no dia 16 de outubro por volta das 9h da noite. 
Estava dirigindo para casa na cidade de Wicklow, seguindo pelas estradas secundárias quando vi essas três enormes luzes brilhantes no céu. Inicialmente eram três luzes depois para duas e por fim uma, depois de volta para três, foi nesse momento que peguei no smartphone".

Acrescentou: "Acredito em vida alienígena. Acredito que há mais do que apenas nós neste mundo e as luzes se acenderam por cerca de um minuto aproximadamente. Quando mostrei o vídeo todos ficaram sem palavras - não há nenhuma explicação para este vídeo ".

Os objetos não identificados na Irlanda foram alvo de ceticismo. Especialistas disseram que a explicação para o incidente não poderia ser mais terrena. Tudo seria resultado de um meteorito em alta velocidade que, ao cruzar a atmosfera, se despedaçou e gerou um intenso brilho. A suposta nave interestelar não passaria de uma corriqueira estrela cadente. Mas, para quem acredita em vida extraterrestre, esses argumentos não convencem. O ufólogo brasileiro Ademar José Gevaerd, de 56 anos, faz parte desse grupo.

Editor da revista Ufo, cujas matérias versam sobre médicos E.T.s, aliens em rituais xamânicos e fuscas voadores, Gevaerd afirmou que casos como o ocorrido na Irlanda não são novidade. “Incomum é o piloto falar a respeito. Com algumas exceções, as companhias aéreas são muito restritivas sobre o assunto porque temem propaganda negativa”, disse. Postura parecida teriam as Forças Armadas. O ufólogo acredita que a elite militar de diversos países conhece os pormenores dessas viagens espaciais. Apenas não comenta publicamente, disse ele, por temer que o poder bélico dos humanos fique aquém quando comparado ao arsenal dos forasteiros. A moral terráquea poderia sofrer fortes abalos. “O pensamento militar é o seguinte: nós não falamos de um assunto que não controlamos e dominamos”, declarou.

Assim como boa parte do planeta, a Guerra Fria teria deixado a comunidade extraterrestre apreensiva. Para o ufólogo, as relações conflituosas entre os Estados Unidos e a antiga União Soviética motivaram a visita desses seres como forma de alertar sobre os riscos de um embate atômico. O jornalista disse ainda que, em alguns casos, eles sabotavam mísseis para evitar um confronto direto. Para explicar tanto zelo, Gevaerd especula que os extraterrestres seriam movidos por uma certa preocupação humanitária. Desejariam que a Terra tivesse um fim diferente daquele observado em outros planetas, devastados por frequentes guerras.

Além de missões humanitárias, o pesquisador disse que incursões espaciais por vezes buscam coletar material genético humano. As abduções, que tanto povoam o imaginário popular, seriam com frequência resultados desses experimentos. “Elas podem acontecer por curiosidade dos seres, mas nove em cada dez casos acontecem para que eles recolham sêmen e óvulos. O objetivo é recuperar populações moribundas a partir de seres híbridos feitos com nosso gene.”

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Pilotos reportam observação de OVNI na Irlanda


Mais um caso inédito reportado por pilotos da aviação civil.

Este episódio ocorreu na Irlanda, na manhã de sexta-feira 09/11/2018.
Mais um interessante enigma senão, um verdadeiro mistério sobre o que terão observado os pilotos, segundo eles ''pilotos" o OVNI se movia a alta velocidade, mas a torre de controle e radar nada registaram de anormal.

Veja o noticiário sobre este evento.


Curiosamente no mesmo dia ao nascer do Sol, objeto é registado em Boston Lincolnshire UK através de uma camera GoPro4 em modo Time Lapse .



Uma breve análise revela alguma actividade anormal no céu britânico.

Uma vez mais a imprensa nacional dá destaque a estes eventos lá fora, enquanto ignora os que vão ocorrendo em território nacional.



Óvnis em Agricolândia - PI (Parte 1)

Sensacional pesquisa realizada em Setembro de 2018 no município de Agricolândia-Piaui. Você confere a primeira parte dessa jornada investigativa aqui no canal. Assista mais uma aventura da UPUPI em busca dos avistamentos.

Agricolândia é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 05º47'56" sul e a uma longitude 42º40'08" oeste, estando a uma altitude média de 230 metros. Sua população estimada em 2010 é de 5 080 habitantes.

FONTE: Ufos-Wilson
FONTE: Flávio Tobler/UPUPI

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Caso Elias Seixas 1980 (Brasil)


https://www.youtube.com/watch?v=oTP8Hs8mDs4



Caso Ufológico Elias Seixas, em 25 de setembro de 1980, três caminhoneiros foram abduzidos em Conceição do Araguaia (GO). Elias Seixas de Mattos, carioca, era caminhoneiro em 1980, quando teria vivenciado uma experiência inexplicável.
Seu relato, junto ao de outros dois amigos, entrou para a história da Ufologia brasileira pela riqueza de detalhes com que descreveu as situações pelas quais passou à pesquisadora Irene Granchi e ao hipnólogo Silvio Lago.

O Vídeo Entrevista do Programa Onze Meia com Jó Soares de 28/08/1995.

Fonte: Canal Fenômeno OVNI

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Metais recuperados de OVNIs voltam a ser atenção da comunicação social



Enquanto isso, a imprensa portuguesa se dedica ao futebol ou Fake News! 

Vídeo: Objeto Voador Não Identificados sobre a Escócia

Objeto Voador Não Identificado, gera discussão nas redes sociais.

No vídeo, um objeto em forma de charuto pode ser visto pairando entre as nuvens, subindo e descendo.
A filmagem foi filmada em Crieff, Perthshire, Escócia, e a pessoa por trás do vídeo a enviou para a equipe de investigação de OVNIs Mufon Network.
A Mufon por sua vez enviou o vídeo para a sua página do YouTube, deixando em dúvida se é real ou não. 

A filmagem foi filmada em Crieff, Perthshire, Escócia, e a pessoa por detrás do vídeo a enviou para a equipe de investigação de OVNIs Mufon Network.
AA Mufo enviou o vídeo para a sua página do YouTube, deixando em dúvida se é real ou não.


A testemunha que filmou o objeto disse: "Eu descreveria o objeto como forma de disco com uma borda. Eu estava vendo o objeto se movendo da esquerda para a direita.
Havia nuvens acima e abaixo, aproximou-se de algumas nuvens de nível mais baixo e depois inclinou-se".
Algumas pessoas acreditam que a filmagem é real. 

“Devo supor que o MUFON, fez a verificação de autenticidade por um software gráfico apropriado antes de colocar no seu canal YouTube. Então decidi confiar neles.

No entanto, outros não estão assim tão convencidos.

Um usuário do YouTube escreveu: "Estou surpreso que o MUFON tenha dito isso, é tão ruim assim."

No entanto, esta não é a primeira vez que um OVNI é visto na Escócia ou filmado.

Quando um avistamento é relatado sem imagem, o público desconfia da autenticidade da testemunha. Porém quando surgem imagens o público na sua maioria cria explicações por vezes sem fundamento.

Como muita boa gente refere... É ver para crer.


Objeto Voador Não Identificado em Boston Lincolnshire Inglaterra

O registo deste vídeo decorreu na madrugada 04/11/2018 às 03:40.

Câmera "GopGo4 Silver" em time lapse.
O vídeo foi reduzido a -6 speed da sua originalidade devido ao movimento rápido.
Desta forma se torna mais perceptível, o que significa que em modo normal o padrão de vôo seria lento.

'O tempo esteve totalmente nublado com alguma chuva nessa noite'.

O objeto "luz", surge no canto superior esquerdo.

Ate ao momento se desconhece qualquer tipo de vôo na região no referido horário.



Radialista suspeita de óvni ao filmar objeto voador não identificado

A radialista Sra. Drica Mendonça, filmou diversas imagens do que ela acredita ser de um OVNI em Brasília. 

No entanto, segundo a Aeronáutica, não houve registro de objeto voador não identificado pelo sistema de controle de tráfego aéreo em Valparaíso.

Confira o vídeo e tire as suas próprias conclusões.


sábado, 3 de novembro de 2018

Petição Pública: Deverá o governo ajudar na investigação do fenómeno OVNI em Portugal?


Deverá o governo ajudar a criar uma instituição de pesquisa e estudo do fenómeno OVNI com apoios e acesso, aos mais variados equipamentos para o seu estudo e informação pública?

O seu voto pode fazer a diferença.

Assine (AQUI)