sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Cantor, compositor Andrés Calamaro, testemunha fenómeno OVNI nos anos 80

As aparições de objetos voadores não identificados estão se tornando mais comuns um pouco por todo o mundo, fazendo com que essa questão particular já seja aceite por muitas pessoas. 

No entanto, essa abertura mental da população em geral nem sempre foi assim, porque algumas décadas atrás, aqueles que afirmavam ter visto um OVNI eram considerados "loucos".

Neste contexto, durante a década de 1980, uma lenda urbana chamou a atenção para o conhecido músico, cantor e compositor argentino Andrés Calamaro (ex-integrante da banda de rock "Los Rodríguez"). 
Sobre este acontecimento em particular, ele foi consultado numa recente entrevista via rádio no seu país, o que ele disse chamou a atenção dos ouvintes:

"Isto é absolutamente verdade", admitiu o músico, que explicou que este avistamento ocorreu na capital trans-andina no início dos anos 80, quando ele fazia parte da banda "Los Plateros".

Numa das turnês, o guitarrista do grupo, Gringui Herrera, convidou Calamaro a inclinar a janela do veículo em que seguiam viagem.

"No meio do campo havia luzes que não tinham explicação.
Como uma luz fixa.
Parecia que havia um pouco de neblina.
As estrelas não podiam ser vistas, mas essas luzes sim.
Havia uma luz constante e outra que se movia um pouco.
Essas luzes em determinado momento pareciam fugir ".

"Nós estivemos assistindo aquele espetáculo por um bom tempo.
Acordamos os outros membros do grupo para verem também aquele fenómeno ", acrescentou.
O fato não foi apenas testemunhado pelos artistas mencionados, segundo Calamaro, na semana seguinte apareceu uma publicação na revista "Siete Días", na qual apareceu um mapa "de todas as pessoas que viram os mesmos objetos na Argentina.
E coincidentemente a parte da província de Buenos Aires estava na rota ".

Depois de mais de trinta anos desse evento o cantor e compositor, não tem dúvida de que viu um "autêntico objeto voador não identificado". 
Ou seja, nem eu nem ninguém mais poderia identificá-lo. 
Aquela coisa estava voando, portanto, tecnicamente, vimos um OVNI, um objeto voador não identificado ".

O evento o marcou de tal forma que ele já era solista e escreveu uma música sobre o tema OVNI chamado "Fabio Zerpa estava certo" em referência a um "investigador de ovnis" no Uruguai.

Sem comentários:

Enviar um comentário