sábado, 23 de dezembro de 2017

Entre Tijuana e Guadalajara 'Mexico', há luzes no céu que acompanham os aviões


Vários avistamentos de OVNIs foram registados no México e, até à data, não pararam, nem em Rosarito, Tijuana, Monterrey ou Tlalpan, na Cidade do México. 

Muito tem sido dito sobre esses incidentes, felizmente, a tecnologia permite conhecer os testemunhos dos diferentes lugares que levam a considerar que na verdade eles foram eventos únicos e irrepetíveis com objectos voadores.
Um vídeo de apenas 10 segundos deixa claro o que aconteceu na noite de 12 de dezembro e com a qual a controvérsia sobre se foram flares, helicópteros e até mesmo drones acabou.

Fernando Padilla capturou com seu telefone celular o momento do avistamento Ovni num Airbus A321 de Volaris, quando deixou o aeroporto internacional da cidade de Tijuana minutos após as 20:00 horas para Jalisco.
Ele percebeu que eram luminescentes independentes, mencionou que "eles faziam parte da mesma estrutura, se não fossem entendidos como alinhados. Olhei para eles entre 10 e 15 minutos ". 
A testemunha disse ter, perguntando ao comissário de bordo o que poderia ser o que estava vendo pela janela: "Eu não sei o que é, mas deixe-me perguntar ao capitão".
Por sua vez o capitão de voo disse não ter visto nada.
Padilla Coronado disse que nessas luzes ele calculou um tamanho de 30 ou 40 metros, muito grande e a intensidade da luz era forte, não é normal vee esse tipo de luz em objectos que estão tão longe de um avião. 
Fernando enfatizou que essas luzes estavam acima da altitude em que o avião estava voando. No vídeo, vemos seis luzes alinhadas e, em um close-up, a asa do avião com uma de suas luzes, um facto extraordinário, uma vez que não é usual que este tipo de incidente ocorra e seja registrado a partir de uma aeronave comercial.

Funcionários do Aeroporto Internacional da Cidade do México, relataram não ter nenhum relatório anômalo da noite 12 de dezembro. 
Ao perguntar sobre a possibilidade de operações militares treinamento ou alguma operação especial, eles asseguraram: "Em todos os momentos, os aeroportos aprendemos sobre essas ações para evitar possíveis atrasos ou qualquer problema com as companhias aéreas. "
Ao observar os materiais do incidente, eles disseram: "Com o simples comportamento dessas luzes estranhas e a duração total do evento, elas não corresponderiam a nenhuma aeronave conhecida". 
12 de dezembro vai ficar na história da casuística OVNI no México como a verdadeira noite dos OVNIs.

Sem comentários:

Enviar um comentário