terça-feira, 4 de julho de 2017

OVNI ou Drone sobre Lisboa a 1 de Julho?

Observação em Lisboa

Após várias denúncias da interferência de drones no corredor aéreo em Lisboa, surge o relato de que algo diferente pode ter sobrevoado a região de Lisboa.

Relato da testemunha Sr. Vasco Santos...

"Informo que no passado dia 01.07.2017 na zona de Santos em Lisboa, junto à estação de comboios e pelas 12h10 com pleno céu limpo, presenciei um objeto com a forma de um diamante (piramidal) nitidamente a rodar sobre um eixo próprio e a seguir na direção da ponte 25 de Abril. Nitidamente era um objeto metalizado e brilhante e dirigiu-se na direcção sul passando a ponte a grande altitude e posicionando-se sobre o corredor da aviação, utilizado entre a Costa da Caparica e o aeroporto.
Achei de algum modo estranho a situação de estar um objeto a circundar aquela zona, dado que passam muitos aviões naquele espaço para se fazerem à pista. Contudo, a situação que me pareceu estranha foi que o objeto dirigia-se em sentido contrário ao que os aviões estavam a utilizar no momento por estar bom tempo.
O fenómeno tornou-se absolutamente injustificável quando após cerca de 1 minuto, após ter visto o objeto, vi aparecer um avião sobre a zona sul  e sobre o Hospital Garcia de Orta, em direcção a Lisboa.
O dito objeto desapareceu de um momento para o outro, sem ruído e sem deixar qualquer rasto.
Ao tentar perceber o que se estava a passar, olhei na direcção da ponte para encontrar o objeto e verifiquei que uma luz potente altamente brilhante e em pleno dia se encontrava muito longe, entre o farol do Bugio e a Trafaria.
Pude presenciar por uns 3 ou 4 minutos aquele ponto de luz praticamente fixo (sempre muito brilhante, mas que se notava com pequenas variações do brilho)  e com um conjunto de mais 2 ou 3 pontos de luz que circundavam em seu redor.
Esses pontos de luz eram emitidos de vez em quando, como uns flashes intensos irregulares e de cor branca com formato de luz arrastada.
As luzes assemelharam-se à luz imitida por "pirilampos" e percebeu-se muitíssimo bem que se aproximavam e afastavam-se do ponto de luz fixa que tinha uma escala superior.
Após os 3 ou 4 minutos em que esteve praticamente imobilizado esse ponto de luz muito intensa, os outros flashes iam surgindo de vez em quando e rodeavam-no.
Passados os 5 ou 6 minutos em que presenciei este estranho fenómeno, vi o foco de luz intensa a afastar-se em direcção ao oceano até deixar de conseguir vê-lo.
Devo informar que umas pessoas estrangeiras que se encontravam na rua e perto da estação de Santos, ao verem-me a olhar para o céu, também presenciaram o dito fenómeno.
Este fenómeno que acabo de relatar de certeza que está registado nos radares do controlo aéreo do aeroporto e muito provavelmente, os pontos de luz que referi foram vistos por pessoas na praia e na zona de Belém até Cascais.
Caso alguém tenha presenciado este fenómeno, gostava que partilhasse para compreender melhor estes avistamentos que me parecem cada vez mais correntes.

Ps. Informo que coloquei no próprio dia o relato no local errado e por este motivo envio-vos de novo na esperança que consigam obter alguma informação adicional para o sucedido".

 O UFO Portugal Network continua a solicitar apoio e todo o tipo de observação anómala para: ufo_portugal@sapo.pt
A polémica dos drones, pode ir muito além do imaginário.

Spotters de Lisboa Público.pt 
Os entusiastas que dedicam os tempos livres a fotografar aviões dizem que junto ao aeroporto nunca avistaram nenhum drone.

Pela lente das máquinas dos spotters, que se encontram em sítios com perspectivas privilegiadas sobre as pistas do aeroporto de Lisboa, nunca foi visto nenhum drone. “Por aqui nunca vimos ninguém com isso e se víssemos saltávamos-lhes para cima”, afirma o septuagenário José Dias, que fotografa aviões quase diariamente desde 2000. “Eu se tivesse dinheiro para comprar um drone, gastava-o em imperiais."

Sem comentários:

Publicar um comentário