domingo, 18 de março de 2018

O descrédito da imprensa ao fenómeno OVNI

O estudo do fenómeno OVNI e a imprensa será um tema que irei abreviar com algumas palavras que poderão ferir a sensibilidade de algumas pessoas, inclusive jornalistas que honram a sua profissão.

Não é de agora que o jornalismo tem vindo a criar falsas noticias "Fake News", quando existem interesses políticos ou partidários.
Os seus dirigentes, acabam diretamente ou indiretamente ter ligações políticas ou mesmo com o governo!

Jornalismo este que de ano para ano, tem vindo a degradar com informações de assuntos que não são de carácter informativo, útil para o povo ou mesmo país!
Um jornalismo que se entregou ao malabarismo da vida alheia e futebois que em nada contribui, mas sim o desviar das atenções de assuntos bem mais importantes, inclusive assuntos esses com alguma gravidade!

No mundo do fenómeno ovni este assunto tem vindo a ser debatido faz anos, entre milhares de pessoas na web e aficionados sobre ovnis e vida extraterrestre.
A grande questão permanece no porquê de não existir uma maior divulgação da imprensa sobre este tema embora polémico, mas apaixonante?
A imprensa quando publica algum assunto sobre o fenómeno, indiretamente faz do tema um circo, onde existe um desrespeito total para quem estuda, se dedica horas, dias, semanas, meses e anos de vida a analisar, estudar, compreender o fenómeno em si.
Este é um problema generalizado em que a imprensa realiza uma campanha em que tenta de alguma forma desacreditar o fenómeno ovni, não só em Portugal, mas também lá fora!


Podemos constatar através de diversos jornais estrangeiros que um simples insecto, reflexo de luz numa lente, ou ave desfocada, até mesmo aplicativos com falsos ovnis que podem ser baixados para Smartphones é levado pelo jornalista como um OVET "Objecto Voador Extraterrestre", demonstrando total desonhecimento para explicações básicas o que irá fomentar o descrédito dentro da ovnilogia, isto mais quando o jornalista em si, pouco ou nada conhece sobre o fenómeno!
Fazem deste tema manchete nas suas capas dos jornais e até mesmo nas suas páginas na web, levando um grande número de pessoas a ler algo que não condiz com a realidade.

Esta atitude, postura da imprensa, levará pessoas sérias com uma boa cultura geral a pensar que, Objectos Voadores Não Identificados, são imaginação das pessoas, pelo simples facto de que os OVNIS apresentados pela imprensa não passam de erros e más interpretações com explicações básicas!
Existem casos, histórias que merecem uma especial atenção, mas que devido ao seu grau de autenticidade a imprensa não pega no assunto... Não lhes interessa... Porquê?

Após a divulgação de que os EUA tiveram durante alguns anos um projecto secreto de investigação sobre OVNIs em que houve um investimento de milhões de dólares, houve uma espécie de BUMM, de informação falsa em diversos jornais internacionais através dos seus Sites.
Isto nos leva a questionar, que existe uma tentativa de dar descrédito sobre o assunto levando as pessoas a se desinteressarem do assunto!
Na década de 90, embora com pouca abertura pelo tema ovni, a imprensa mostrava mais profissionalismo, abordava o assunto com mais seriedade!
Atualmente observamos uma imprensa sem conhecimento, cultura, onde se faz jornalismo sem qualquer formação!

Onde o jornalista toma o lugar do Policia, do Investigador de OVNIs, onde o jornalista sobre tudo especula sem o devido conhecimento ao invés de procurar especialistas nas diversas áreas de forma a prestar uma informação saudável e correta ao seu público.
É de lamentar o jornalismo existente, que não trata com devido respeito o fenómeno ovni.

Será de salientar embora a critica acima, alguns jornalistas estudaram de perto o fenómeno, se inteiraram sobre o assunto e deles construíram excelentes obras literárias!
Trabalho esse que teve de ser de carácter individual e não nas redações!

Ao longo dos anos temos tido inúmeros contactos com diversos jornalistas de diversas áreas, onde muitos dos seus trabalhos foram negados após semanas de trabalho árduo.
Foto 2001, caso ovni do quintal Algarve
Por outro lado uma má noticia com um falso avistamento como o foi em 2001, quando a TVI e Imprensa em geral, bombardeou o público com um avistamento de um OVNI de dois irmãos no quintal de um prédio em pleno Algarve onde curiosamente realizaram uma foto, que na verdade não passava de um brinquedo da loja dos chineses!
A noticia era falsa e bem visível perante o conhecimento da imprensa. Mas era um tema que vendia e o público pela curiosidade no assunto comprava.

Para quem estudava o fenómeno, sabia perfeitamente que se tratava de uma má informação. "Não era OVNI, mas sim um Objecto Bem Identificado, by loja dos chineses.
Uma vez mais a imprensa optou por cozinhar uma falsa informação ao invés de a analisar, para horas depois servir ao público essa sopa confecionada com um malabarismo de interesses.
Poucos dias após essa falsa noticia, os dois irmãos confessaram que efetivamente se tratou de uma brincadeira com um pião com luzes decidindo brincar com o assunto.
Nada que na época algumas pessoas não tivessem alertado!
Casos sem importância ou falsos testemunhos parecem ser a sua especialidade, ignorando totalmente casos recentes, histórias que podem e mudam o curso do fenómeno ovni não só no país mas também lá fora.

Até quando a imprensa, irá negar o assunto, até quando irá deixar de lado um tema de extrema importância?

Não se consegue entender muito bem a finalidade da falsa informação sobre o fenómeno patrocinado pela imprensa!

Óbvio que nem tudo o que brilha no céu será de natureza extraterrestre!
Em terra existem projectos militares denominados "Top Secret", que são muito capaz de ultrapassar a imaginação ou mesmo a ficção cientifica.

Este é um grave problema que atualmente temos vindo a enfrentar na área do fenómeno OVNI, que por sua vez não tem sido levado com seriedade pela imprensa, deixando muito a desejar.

Todos procuramos as mesmas repostas, mas será mais difícil de as encontrar quando existe uma imensa fábrica de produzir falsa informação induzindo as pessoas ao ridículo.

Muitas palavras ficam por ser ditas, ficando por aqui de momento, deixando apenas o alerta às pessoas que acreditam no fenómeno e também aos poucos e bons jornalistas que ainda existem.

A Ovnilogia merece mais respeito

5 comentários:

  1. Amigo Nuno os jornalistas só se preocupam com a vida do Cristiano Ronaldo.
    O jornalismo parece uma telenovela para velhinhas.
    Uma desgraça.
    Tenho um jornalista na família e te garanto que so faz jornalismo porque teve uma cunha caso contrário trabalhava numa lavanderla.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Amigo Nuno. Enquanto se preocuparem só com a vida do Cristiano Ronaldo (como diz o Tomas Vicente e muito bem), com novelas, com as namoradas e mulheres de príncipes e reality shows, estamos tramados. Os assuntos que realmente tem interesse, são postos de parte, não interessam, não convém educar as pessoas, as pessoas tem de ser mantidas na ignorância, tem de estar encurraladas na sua própria estupidez, eles tem de manter as pessoas APARVALHADAS. É triste...

    Rui Lino

    ResponderEliminar
  3. Tenho de concordar com vocês.
    Houve um jornal português que fez um grande alarido à uns tempos com um vide Mexicano falso que não passava de um simples aplicativo para telemóvel.

    Ja os avistamentos recentes ate com imagens a comprovar essas observações os jornais não pegam.

    Acho que foi o CM que ate publicou qualquer coisa em que os ovnis não passavam de simples balões.
    Indiretamente quiseram dizer que ovnis não existem.

    O jornalismo português vive na rua da amargura.
    Só lixo.

    ResponderEliminar
  4. Ou seja.
    Se atirar uma pedra ao ar e enviar para o Correio da Manhã ou JN eles vão logo publicar como objecto extraterrestre ������

    Mas se acontecer um avistamento real, ficam calados na estúpida da ignorância.
    Por estas e por outras que o jornalismo esta comprado para falar de tretas que não interessam a ninguém.
    Uma forma de alienar o Zé Povinho

    ResponderEliminar