sexta-feira, 22 de junho de 2018

OVNI nos céus de Perugia e antípodas, na Índia

OVNI, registado a 7 de junho nos céus acima de Perugia Itália. O mesmo objeto não identificado foi então avistado no mesmo dia também em Delhi, na Índia.

Periodicamente recebemos notícias de avistamentos de OVNIs , os objetos clássicos não identificados que - com a mesma velocidade com que aparecem - desaparecem no céu sem deixar vestígios. 

Não é raro que esses avistamentos sejam apoiados por fotografias e vídeos que nos deixam por vezes desanimados ou cheios de perguntas.
De acordo com a informação disponível o registo foi realizado próximo de Perugia por volta das 11h da manhã do dia 7 de junho . 


A pessoa que fotografou este estranho objecto voador de forma piramidal quer permanecer anônima, mas admitiu amar tirar fotos a paisagens rurais da área de Pila, um dos povoados de Perugia.
Após realizar um número de fotos quando foi rever as mesmas já em sua casa, ficou surpreendido com algo estranho.

O caso já está entregue à Mufon (Mutual Ufo Network) , uma organização sem fins lucrativos que lida com o exame de avistamentos por todo o mundo.
Para isso, faz uso de inúmeros investigadores que estudam fenômenos ufológicos baseados em métodos científicos.

Itália tem sido palco de alguns avistamentos estranhos nos últimos meses, da qual o vídeo abaixo está a gerar também uma grande especulação.
Segundo a informação disponibilizada ao ufo Portugal Network, o vídeo foi realizado na noite 5 de junho, onde um dos elementos da tripulação registou uma luz "OVNI", que emerge através das nuvens e faz uma aproximação violenta ao avião.

"PARECIA QUE ESTAVA A SONDAR O AVIÃO"



O OVNI de Perugia, no entanto, despertou a curiosidade da mídia indiana. 

Parece que no mesmo dia, o mesmo objeto em forma de pirâmide não identificado foi visto passando por Déli sobre a casa do primeiro ministro indiano Narendra Modi.
O avistamento resultou no imediato fortalecimento das medidas de segurança, mesmo que a pesquisa do OVNI não tenha produzido nenhum resultado conclusivo.

Neste momento, a explicação mais plausível seria a de um drone que os radares não conseguiram interceptar,embora seja uma resposta muito inconclusiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário