sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Vigília Nacional 2018 em acção com Ernesto Lamas

Imagens da decorrente Vigília Nacional do fenómeno OVNI, com Ernesto Lamas em acção na Foz do Douro "Cantareira".
Se estiver por perto, não perca a oportunidade de se juntar à equipe.


domingo, 16 de setembro de 2018

Luzes anómalas voltam a surpreender no Canadá

Brasil News 🇧🇷: Aparição – Estranhos objetos cilíndricos são avistados sobrevoando os céus de São Joaquim

É de se causar uma grande estranheza a presença de objetos om formatos cilíndrico flutuando pelos céus de São Joaquim, avistados pouco antes do pôr do sol no entardecer do inverno Serrano, mas foi exatamente isso que aconteceu ao lado norte da cidade mais alta da Serra Catarinense naquele fatídico dia.


Os objetos foram avistados e fotografados pela empresária Fátima Palma Melo, proprietária da Pizzaria Água na Boca, no final do mês de julho, quando ela viu estranhos objetos cilíndricos sobrevoando os céus de São Joaquim antes de desaparecerem na estratosfera.

Os estranhos objetos, não identificados, foram fotografados pela empresária que ficou surpresa pela aparição inesperada.


-“Eu vi aqueles objetos passando por cima de São Joaquim, eles tinham um formato estranho, retangular meio cilíndrico então resolvi fotografar, achei que, em primeiro momento, os objetos não seriam captados na foto, mas depois eu vi que saiu sim e tá ai a foto desses objetos estranhos que passaram pelo céu.”  Comentou a empresária Fátima Palma Melo.

Essa não foi a primeira aparição fotografada de um OVNI (Objeto voador não identificado) em São Joaquim, a 9 de Agosto de 2017 uma objeto luminoso serpenteou nos céus de São Joaquim no Caminhos da Neve e foi avistado por dezenas de pessoas que estavam no centro de São Joaquim.

Registo de 2017

saojoaquimonline.com.br 

sábado, 15 de setembro de 2018

Cientistas recebem sinais extraterrestres de galáxia distante

Especialistas ainda não detetaram a causa das emissões.

Cientistas do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), que procuram sinais de vida extraterrestre, detetaram 72 sinais extraterrestres "misteriosos" vindos de uma galáxia muito muito distante... situada a 3 mil milhões de anos-luz da Terra. 

Os especialistas ainda não conseguiram perceber quais as causas dos sinais recebidos. 
A descoberta foi feita ao analisarem 400 terabytes de informação via radio daquela galáxia. 
"A natureza do objeto emitido não é conhecida", revelaram os especialistas do SETI, citados pela SkyNews. 
"Há muitas teorias, inclusivamente que podem ser sinais de tecnologia desenvolvida por vida extraterrestre", acrescentam. 
Os dados analisados que permitiram esta revelação foram captados pelo Green Bank Telescope, que se situa no estado norte-americano da Virgínia.

www.cmjornal.pt

Enquanto isso...

A NASA grava "conversa entre Extraterrestres" em uma "tagarelice" inexplicável de rádio captada pela sonda Saturn
Essas misteriosas ondas de rádio captadas por uma sonda da NASA que sobrevoava Saturno poderiam ser "alienígenas falando", alegam os teóricos da conspiração.

Por Paul Harper / Publicado em 9 de setembro de 2018
Saturno: ruídos capturados pela sonda da Nasa revelam tons musicais

 A sonda Cassini, da agência espacial, tornou-se a primeira a orbitar a gigante do gás.

Saturno emite ondas de rádio naturais por causa de seu poderoso campo magnético e quando as partículas carregadas são aceleradas pelo campo, elas emitem emissões de rádio que podem soar como gizes e estáticas.

Quando a Cassini chegou ao planeta, a segunda maior do nosso sistema solar atrás de Júpiter, registrou dezenas de ondas de rádio.

Um vídeo de conspiração do YouTube destacou um arquivo em 25 de julho de 2004, que, quando criado em campo, pode soar estranhamente como uma criatura de um filme de ficção científica.

ARTIGOS RELACIONADOS
Cientistas afirmam que alienígenas podem estar vivendo em nosso sistema solar em grande avanço
NASA revela "resultados" bombshell da missão de Marte TOMORROW
NASA revela descobertas de 'vida' alienígena HOJE reivindica especialista
Ele alega que a nota da NASA sobre o arquivo afirmou: "Um arquivo mais intrigante, não sabemos o que fazer com ele."

Alguns teorizaram o som quando digitalmente aprimorado revela a comunicação de uma forma de vida alienígena e possivelmente notas musicais.

A Cassini começou a detectar as ondas de rádio de Saturno dois anos antes, quando estava a 234 milhões de milhas do planeta.

Os cientistas aprenderam que as ondas de rádio naturais diferem nos hemisférios norte e sul e, com o padrão das ondas, a duração do dia em Saturno seria de apenas 10,67 horas após várias revisões.

Em Saturno, a cada temporada dura sete anos terrestres.

Ondas de rádio alienígenas de SaturnoGETTY
Estanho: A sonda espacial da NASA Cassini captou um sinal de rádio extremamente estranho de Saturno

 Mais de 40 mil americanos fizeram um seguro contra serem sequestrados por alienígenas.

Mais de 40 mil americanos fizeram um seguro contra serem sequestrados por alienígenas. Edgar Mitchell, a sexta pessoa a andar na lua, afirma que "os alienígenas contataram os humanos várias vezes". Em um esforço para atrair mais turismo, além de extraterrestres, a cidade de St. Paul, Alberta, criou o primeiro local de pouso de OVNIs do mundo. O termo 'OVNI' para Objeto Voador Não Identificado foi cunhado pelo oficial da Força Aérea dos EUA, Edward Ruppelt, em 1952. Um estudo de 2001 recomenda que a lua vermelha de Júpiter, Europa, possa ser composta apenas por micróbios vermelhos solidificados.  Bactria, embora pequena, é uma enorme indicação do início de uma nova vida no espaço. Pesquisas da Universidade do Estado de Ohio captaram um sinal vindo de quase 220 milhões de anos-luz de distância que era tão poderoso, que foi chamado de  Há 2% de chance de confirmarmos a vida alienígena nos próximos 10 anos.
A Cassini foi a primeira missão a estudar o misterioso planeta e sua lua, incluindo o maior deles, chamado Titã.

Acredita-se que esta lua super dimensionada - uma das 63 próximas a Saturno - tenha lagos, montanhas e possivelmente vulcões.

Uma teoria sugere que o mundo nebuloso poderia ter muitos dos compostos químicos que iniciaram a vida na Terra.

Cassini chegou tão perto quanto 15 milhas à superfície gelada de Saturno, capturando oceano maciço abaixo da crosta congelada que poderia ter condições adequadas para a vida.

O revolucionário telescópio espacial Kepler da NASA encontrou cerca de 50 planetas do tamanho da Terra que estão em uma zona habitável de sua e



Outra notícia um tão pouco curiosa!

O FBI fechou misteriosamente o Observatório Solar do Novo México

A equipe foi evacuada e o FBI enviou agentes e um helicóptero Blackhawk ao local, sem dizer a ninguém o que está acontecendo.

O observatório telescópio na Sunspot, Novo México
Um observatório no Novo México foi fechado inesperadamente devido a uma "questão de segurança" sem nome, levando a evacuações e uma visita do FBI. O Observatório das manchas solares está atualmente fechado para a equipe e para o público, sem saber por que ou quando será aberto novamente.

"Decidimos desocupar a instalação neste momento como medida de precaução", disse o porta-voz Shari Lifson ao Alomogordo Daily News . "A Associação de Universidades de Pesquisa em Astronomia que gerência a instalação está lidando com uma questão de segurança no momento."

Lifson disse que a instalação foi inicialmente evacuada em 6 de setembro e permaneceu fechada desde então. Segundo Lifson, o observatório ainda não tem data para reabertura.

Como parte da investigação sobre a questão da segurança, o observatório entrou em contato com o FBI, que foi relatado em cena com vários agentes e um helicóptero Blackhawk. De acordo com o xerife Benny House, a agência trabalha com a polícia local, mas se recusa a compartilhar detalhes.


"O FBI está se recusando a nos dizer o que está acontecendo", disse House. “Nós temos pessoas lá em cima que nos pediram para esperar enquanto elas o evacuavam. Ninguém realmente elaboraria em nenhuma das circunstâncias por que.

"NÓS DECIDIMOS DESOCUPAR A INSTALAÇÃO NESTE MOMENTO COMO MEDIDA DE PRECAUÇÃO"

O xerife especulou que a evacuação poderia ser devido a algum tipo de ameaça feita contra a instalação ou sua equipe, mas expressou confusão sobre por que a polícia local seria deixada de lado. “Se esse é o caso, por que eles não nos ligaram e nos deixaram lidar com isso?”, Ele disse. "Eu não sei porque o FBI se envolveria tão rápido e não nos diria nada."


Outra possibilidade poderia ser algum tipo de vazamento químico perigoso ou outro perigo natural, mas novamente não há razão para o FBI manter todos no escuro. Seja qual for o motivo, os cientistas são forçados a adiar suas pesquisas enquanto a investigação do FBI continua.

Fonte: Notícias diárias do Alomogordo


quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Portugal 1973 - Trás - os - Montes


O ano de 1973 foi rico em avistamentos de criaturas supostamente extraterrestres em todo o mundo, sendo apelidado de “o ano dos humanóides”. 
Em Portugal, um desses casos aconteceu na região de Trás-os-Montes, no nordeste do país.
Numa noite do final do verão daquele ano, Sérgio e Maria Lisboa e Maria Costa viajavam de automóvel entre Carrazeda de Ansiães e Fiolhal, quando ele, ao volante, ouviu um zumbido que vinha do exterior.
Em seguida, todos conseguiram ver um clarão ao lado direito do veículo, em deslocamento contrário.
O condutor continuou a seguir o fenómeno pelo retrovisor até imobilizar o automóvel para observar melhor.
O objecto se deslocou do sul para o norte e foi perdido de vista pouco tempo depois.
Tinha formato elíptico, com uma espécie de visor na parte superior, e emitia uma luz avermelhada intermitente. 
Depois da localidade de Alijó, em direcção a Vila Real, Sérgio Lisboa sentiu uma perda de rendimento do motor, e novamente ouviu-se o zumbido, desta vez de forma ritmada.
Mas tudo voltou ao normal e, alguns quilómetros mais à frente, se depararam com um pequeno objecto cilíndrico, de cor esverdeada, atravessado na estrada. O motorista diminuiu a velocidade e desviou do estranho objecto, com receio de que este explodisse.
Foi neste momento que os três ocupantes do veículo observaram a presença de duas figuras humanóides deitadas de costas à esquerda da estrada.
Sua estatura era de aproximadamente um metro e meio e vestiam uma espécie de manto cor de chumbo claro.
Suas cabeças estavam ocultas por uma espécie de capacete de formato esférico, no qual havia uma viseira retangular na altura dos olhos.
A atenção das testemunhas foi inicialmente atraída para duas luzes avermelhadas que se encontravam na ponta do que pareciam ser antenas em duas caixas posicionadas nas costas de cada ser.
Este pormenor se tornou mais perceptívelquando as figuras se ergueram após o veículo se afastar.

https://ab4especialistas.blogspot.com

sábado, 8 de setembro de 2018

Fui raptada por ALIENS! ”A favorita das eleições republicanas revela um estranho encontro com OVNIs

Bettina Rodriguez Aguilera, uma republicana disposta a substituir Ileana Ros-Lehtinen no 27º distrito congressional da Flórida, afirmou que aprendeu muito com seu encontro imediato.

Numa entrevista em 2009, ela afirmou que ela embarcou numa nave espacial ocupada por alienígenas quando tinha sete anos de idade.

Documentos OVNI classificados na Espanha, ao descoberto



'UFOleaks' revela relatórios confidenciais com objetos voadores não identificados relacionados à Casa Real ou ao Exército.

O que a Casa Real tem a ver com OVNIs? 

Existem agentes de inteligência visando questões como esta, como Scully e Mulder em 'X-Files'?
David Cuevas e os convidados desta manhã responderam a estas perguntas na secção misteriosa de 'Colocando as ruas', Manuel Carballal.

Carballal é criminologista investigador, o olhar crítico e autor de  UFOleaks , um livro que revela  uma série de relatos de objetos voadores não identificados classificados por instituições como o exército, as Forças de Segurança do Estado, os serviços secretos e ... a Casa Real . 

Porque sim, a coroa está mais relacionada com o fenômeno OVNI do que você imagina.
Especialmente pelo grande interesse que a rainha emerita Sofia tem com essa questão desde os anos 70, que acrecenta no primeiro vôo entre Espanha e China, que,  ao longo do plano em que viajavam os reis, um grupo de jornalistas ( Miguel de la Quadra-Salcedo, Iñaki Gabilondo, Jaime Penafiel e JJ Benitez) garantem que eles viram um OVNI.


O criminologista disse que Don Juan Carlos, sendo um príncipe, teve encontros com ufólogos.

'X-Files' para o espanhol

Um dos prólogos de UFOleaks, o investigador Fernando Rueda tem no trabalho que o Centro de Informações de Defesa (atual Centro de Inteligência Nacional)  tinha dois oficiais, homens e mulheres, nossos indivíduos Mulder e Scully, cuja missão ele estava coletando informações de toda a Espanha relacionadas a tráfego não identificado."

Pode soar a filme americano, mas isso é lógico: se não é uma ameaça potencial para a Espanha como a intrusão no espaço aéreo (avião espião marroquino ou um míssil francês), que é normal que a CNI esteja interessado , " explica Carballal.

Em  UFOleaks  também são mostrados relatórios da Marinha, do Exército, policiais autônomos relacionados a OVNIs, embora quem mais tenha a dizer sobre isso é a  Guarda Civil , porque esses fenômenos sempre ocorrem em áreas rurais.

O tema OVNI, lembra Carballal, chegou ao Congresso dos Deputados em diversas ocasiões, na democracia espanhola. 

"De 1979 a primeira interpelação (de Enrique Mugica, o PSOE) porque um avião teve que fazer um pouso de emergência em Manises com 102 passageiros estrangeiros a bordo".

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Vídeo: Família garante ter visto um OVNI em Melbourne - Austrália

Uma família de MELBOURNE afirmou ter visto algo inexplicável pairando sobre a sua casa no fim de semana e até conseguiu tirar uma foto do objeto misterioso.
Paul Steinberg revelou ao news.com.au que estava na entrada da sua casa em North Caulfield com a sua filha por volta das 8 da noite de sábado, quando os dois avistaram o OVNI.

“Estava voando logo abaixo das nuvens. Parecia três luzes vermelhas em uma formação triangular, todas se movendo silenciosamente juntas na direção oeste ”, disse Steinberg.
"Ele estava silenciosamente se movendo pelo céu e não conseguimos descobrir o que era e levamos alguns momentos para perceber que estava se movendo muito rápido".


Ele chamou atenção da sua esposa e dos seus filhos que testemunharam o objeto viajando no que ele estimava ser cerca de 500 km / h. 
O homem de 45 anos, junto com a sua esposa e os seus três filhos com idades entre 11 e 18 anos, todos assistiram as luzes vermelhas brilharem silenciosamente no céu.
"Queríamos obter todas as explicações regulares que conhecíamos, como satélites, aviões, drones e até mesmo Vênus, que tem sido bastante brilhante ultimamente", disse Steinberg.

"Somos observadores de aviões e astrônomos e vemos coisas como satélites com bastante frequência, mas isso simplesmente não marcou nenhuma dessas caixas explicativas."
Ainda conta que, embora o OVNI estivesse a cerca de 1,5 km acima deles, as luzes ainda eram facilmente distinguíveis, o que o levou a acreditar que, o que quer que fosse, era muito grande.
"Se fosse um drone, estava definitivamente muito alto e era muito grande", conta Steinberg.

“Tudo o que vi foram as luzes, mas elas eram tão proeminentes. Para ser capaz de distinguir as luzes tão claramente, teria que ser grande ”. Ele disse que o objeto cobriu a distância da casa da família até Albert Park, a cerca de 8,5 km de distância, em menos de dois minutos.
"Foi muito firme e silencioso, mas quando chegou a uma determinada distância, começou a se mover erraticamente, para cima e para baixo, para a esquerda e para a direita", disse Steinberg.

“Durante o tempo de observação podíamos ver as luzes às vezes desaparecer e reaparecer num outro ponto diferente.”
O objecto esteve visível no céu por cerca de 10 minutos antes de desaparecer completamente.
O Sr. Steinberg alegou a maneira como estava se movendo, o quão rápido estava viajando e o facto de que era silencioso fez com que ele e sua família nunca tivessem visto nada antes.

No entanto, o CEO da Associação Regional de Aviação da Austrália (RAAA), Michael Linke, disse à news.com.au que provavelmente havia uma explicação terrestre para a visão estranha.
"Era mais do que provável que uma aeronave".
"Dependendo dos ventos predominantes, você não seria capaz de ouvir o motor".

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Meteoro que passou pela Austrália é confundido com OVNI


Um meteoro passou pela Austrália explodindo no céu na última terça-feira (29) e, segundo o serviço de bombeiros da cidade de Perth, algumas pessoas ligaram pedindo por socorro afirmando que o objeto poderia ser um OVNI.

O meteoro foi bastante visível nos céus da cidade, como mostram alguns registros feitos por usuários do Twitter e pela imprensa local.

O jornal televisivo local também relatou o ocorrido com um compilado de imagens feitas pela população:





quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Portugal - OVNIS: «Há ficheiros que não são do conhecimento público, mas que existem»

Um compêndio de descrições “ao pormenor” de “encontros imediatos” com objetos voadores não identificados (OVNI) em Portugal chega hoje às bancas, assinado pelo cofundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência da Universidade Fernando Pessoa, Joaquim Fernandes.

No livro, intitulado “Ficheiros Secretos à Portuguesa – Avistamentos de Ovnis, fenómenos ‘impossíveis’ e outros casos à espera de explicação”, Joaquim Fernandes recolhe “uma série de histórias surpreendentes e casos até hoje desconhecidos, no todo ou em parte, revelados através dos seus protagonistas e de documentação oficial inédita”.

“Há ficheiros que não são do conhecimento público, mas que existem. 
Neles estão descritos ao pormenor ‘encontros imediatos’ no mar, no ar e em terra. Fenómenos ‘impossíveis’ que continuam à espera de uma explicação”, lê-se numa nota de imprensa da Manuscrito, que edita a obra.

Entre os casos relatados estão “o estranho caso dos relógios parados em Santa Maria”, o “‘charuto voador’ visto na Praia da Vitória” e os dossiês sobre “as ‘estranhas luzes verdes’ que rondaram um C-124 da Força Aérea”, “o engenho ‘visivelmente visto’ na base das Lajes”, a “nuvem bizarra seguida pelos radares” e o “intruso aéreo” detetado “em 2004 nos radares civis e militares”.

No prefácio do livro, o general piloto-aviador ex-chefe do Estado Maior da Força Aérea Portuguesa Tomás George Conceição Silva apresenta-o como “um verdadeiro compêndio de toda a fenomenologia relacionada com o avistamento de objetos voadores não identificados, no Continente e Regiões Autónomas, desde os primórdios do fim da II Guerra Mundial até hoje”.

“As entidades estatais e militares têm o dever de prestar a devida verdadeira informação ao público, mas esta é sempre tendente a ser distorcida ou camuflada, por vezes com artifícios inaceitáveis”, escreve.

Cofundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência da Universidade Fernando Pessoa, no Porto, Joaquim Fernandes doutorou-se em História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto com uma tese sobre “O Imaginário Extraterrestre na Cultura Portuguesa — do fim da Modernidade até meados do século XIX”, descrita como “a primeira da sua temática” a ser apresentada numa academia portuguesa e europeia e editada sob o título “Moradas Celestes”.

Segundo a informação da Manuscrito, Joaquim Fernandes “interessa-se particularmente pela antropologia religiosa comparada, com destaque para os fenómenos da religiosidade popular e da espiritualidade, mitos e cosmologias, e o debate entre ciência e religião”.
“É membro de vários organismos internacionais e coordenador internacional do ‘MARIAN Project’, que estuda as dimensões culturais e científicas dos fenómenos religiosos e aparicionais, como Fátima, tema a que dedicou várias obras em coautoria com Fina d’Armada, igualmente traduzidas para inglês, castelhano e francês”, refere.

Prof. Joaquim Fernandes
Em 2008, Joaquim Fernandes publicou o seu primeiro romance histórico, “O Cavaleiro da Ilha do Corvo”, a que se seguiram os ensaios “O Grande Livro dos Portugueses Esquecidos” e “Mundos, Mitos e Medos — O Céu na Poesia Portuguesa”.
No mesmo ano coordenou e apresentou na RTP2 a série temática “Encontros Imediatos”, dedicada ao fenómeno OVNI em Portugal, e em 2010 escreveu em coautoria o guião do telefilme “A Noite do Fim do Mundo”, que retrata as reações em Portugal à aproximação do cometa Halley, em 1910.
Em 2014 publicou o seu segundo romance histórico, “As Curandeiras Chinesas. 
Um motim que abalou a I República”, e em 2015 a obra “História Prodigiosa de Portugal. Mitos & Maravilhas”.
O seu mais recente título é “Portugal Insólito”, dado à estampa em 2016 pela editora Manuscrito.

Joaquim Fernandes foi ainda responsável pelo guião e apresentação do documentário “As Faces de Fátima”, produzido em 2017 pelo canal História, e coordenou no Porto Canal a série “Conversas do Centenário”, dedicada aos eventos aparicionais de Fátima.

O autor está biografado no Dicionário das Personalidades Portuenses do século XX, editado pela Porto Editora em 2001.

www.impala.pt

O verdadeiro significado da palavra "OVNI"

Objeto voador não identificado (OVNI) é um estímulo visual que provoca um relato, por um ou mais indivíduos, de alguma coisa vista no céu e que o observador não identifica como tendo uma origem natural ordinária, parecendo suficientemente enigmática a ponto de comprometê-lo a fazer um relatório às, autoridades do governo, para a imprensa, ou a representantes de organizações civis devotadas ao estudo desses objetos. 

Essa é a definição acadêmica para OVNI, expressa no Relatório Condon, produzido por um grupo de investigadores da Universidade do Colorado, sob direção científica do físico nuclear Dr. Edward Condon e financiado pela Força Aérea dos Estados Unidos – USAF.
Foi endossado pela Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.
O falecido astrônomo americano J. Allen Hynek, um prestigiado cientista que estudou a temática OVNI, no seu livro The UFO Experience de 1972, dividiu os seus crentes em dois grupos.
Um ridicularizava o assunto, se recusando a investiga-lo. 

O outro, se investigasse, o trataria como um fenômeno psicológico, mesmo que envolvesse mais de uma pessoa. Algumas declarações foram contestadas por ele: de que nunca pessoas treinadas cientificamente relatavam a observação de OVNIs. 

Ele contestou de que os relatos vinham de pessoas sem instrução: não significava sem inteligência, mas que vinham de pessoas com instabilidade mental.
Hynek alegou que pesquisas com doentes mentais não comprovavam tal ligação.
Em 1981, escreveu que três aspectos trouxeram grande descrédito ao tema: que os declarados OVNIs eram na maioria dos casos equívocos de eventos comuns; a crença do não estamos sós e grupos muito ativos de crentes em visitas celestiais, com fervor quase religioso. 

Para combater esses equívocos e a noção de que OVNI é sinônimo de visitantes espaciais, em 1972 ele o definiu como: a percepção relatada de um objeto ou luz vista no céu ou sobre a terra, de aparência, trajetória ou dinâmica geral ou comportamento luminescente que não sugere uma lógica, não tendo uma explicação convencional e que não é só uma mistificação da percepção original, mas permanecendo não identificada após uma análise exaustiva de todas as evidências disponíveis por pessoas que são tecnicamente capazes de com bom senso fazer uma identificação, quando possível.

O astrofísico e escritor francês Jacques Vallee no seu livro Anatomy of a Phenomenon de 1965, propôs uma das primeiras definições de OVNI: seriam manifestações encontradas entre relatos da percepção de uma imagem visual, comumente interpretada pela testemunha como a de um objeto voador material, que possuiria pelo menos umas das seguintes características: uma aparência que, para a testemunha, seria incomum e um comportamento que, para a testemunha, seria incomum. 

Em 1990, o seu livro Confrontations, Vallee retomou a discussão da sua proposta de 1965 e a definição proposta por Hynek em 1972. 

As duas, na verdade, seriam insuficientes. Hynek, uma primeira inconsistência seria o pressuposto de que sempre haveria um grupo de pessoas capazes de chegar a um consenso sobre luzes estranhas e a segunda porque deixava de fora uma gama de fenômenos que outros investigadores consideravam importante no contexto OVNI, como o próprio Vallee. 
Esses fenômenos aparentemente distintos e não ligados aos objetos voadores não identificados, na verdade, integrariam um conjunto de fenômenos interligados, como seres vistos ou efeitos físicos incomuns em contexto não OVNI.

Vallee reformulou a sua definição: Os fenômenos OVNI são encontrados entre relatos de objetos, luzes, seres ou efeitos físicos que são considerados pelas testemunhas como anomalias por causa de sua aparência ou comportamento.

OVET = OBJETO VOADOR EXTRATERRESTRE

Com o passar dos anos, avanço da tecnologia, informação, o significado ovni ficou mais abrangente após testemunhos de militares, pilotos e mesmo astronautas, contrapondo as definições de Heynek.

VÍDEO: Homem diz ter filmado extraterrestre na Argentina


Um segurança filmou um suposto extraterrestre que teria aparecido num campo em Córdoba, na Argentina.

No vídeo, o homem está seguindo algumas luzes vindas do céu com o seu smartphone. Acompanhado de um cão, ele encontra círculos marcados na vegetação da qual com algumas partes queimadas.
Alguma coisa se move na imagem e o segurança começa a correr. 

A gravação foi feita na noite 4 de Agosto no terreno de uma empresa privada.
O homem contou ao El Nueve, jornal local, que tinha acabado de fazer uma ronda e estava indo embora quando viu, com a ajuda de uma lanterna, manchas queimando na vegetação. “Comecei a ficar com medo porque isso não era comum”.
Segundo o relato do segurança, quando ele olhou para cima viu algo se movendo. “Era como um animal que se escondia, algo estranho e fora do comum”.


O testemunho do empregado coincide com o de alguns vizinhos, que afirmaram ter visto luzes estranhas na região. Segundo o site Visión Ovni, nos últimos meses houve alguns episódios de animais mutilados e marcas na vegetação naquela área.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Homem no Ceará relata sofrer constantemente visita de alienígenas



Um homem do Ceará relata sofrer constantemente visita de alienígenas em sua casa.
Océlio Silva é funcionário público da cidade de Irauçuba – no Ceará – e, nos últimos dias, passou por experiências sobrenaturais. Ele relatou ter visto uma bola de fogo que se movimentava de uma lado para o outro. Depois da experiência, Océlio conta que o vizinho assustado pediu sua ajuda.
“Ele me abordou e disse que tinha alguém invadindo a casa dele”.
Relata ainda que, na porta do vizinho, existiam marcas de mãos e pegadas perto do muro. Para o ufólogo Agobar Peixoto, todas as provas demonstram a presença do extraterrestre, pois a região é propícia para estudos de ETs.
“A pessoa deve fazer uma avaliação. Se notar que não houve nada perigoso, pode tentar o contato, se notar que a coisa é mais agressiva, deve recuar”.


Fonte: http://tribunadoceara.uol.com.br/videos/gente-na-tv/cearense-relata-sofrer-constantemente-visita-de-extraterrestres/amp/
Fonte: http://ovnihoje.com/2018/08/28/homem-no-ceara-relata-sofrer-constantemente-visita-de-alienigenas/

domingo, 26 de agosto de 2018

Baja Califórnia do Sul 1968 - trabalhadores hídricos cercados por ovnis

Baja California do Sul, sempre se destacou por ter grandes céus azuis e claros, bem como por lugares onde a estrada se fundem com o deserto e muitas histórias de avistamentos de objetos voadores não identificados.

A 28 de Dezembro de 2012 em Constituição pequena cidade, um jornal local divulgou uma notícia sobre OVNIs, mas, quando combinado com o lançamento de balões Cantoya, que deixou muitas pessoas alarmadas e inclusive atraiu muitos investigadores do fenômeno. 
E assim podemos dizer que centenas de falsos avistamentos são reportados pelo mundo inteiro devido a má interpretação, mas o testemunho mais incrível foi relatado por trabalhadores do Ministério de Recursos Hídricos.

A história é encontrada na Publicação chamada "Compas" de 31 de Maio de 1992, abrigada no Arquivo Histórico Pablo L. Martinez de Baja California do Sul. O testemunho de Delfino Gonzales está intacto abaixo.
Foi em meados de novembro de 1968, quando uma brigada da Secretaria de Recursos Hídricos (SARH) efectuava levantamentos topográficos para delimitar a área de irrigação no Vale de Vizcaíno.
O dia em que nos referimos era sexta-feira, os seis trabalhadores do grupo estavam correndo para terminar o dia porque a solidão era exaustiva e queriam voltar para suas casas o mais rápido possível.
Foi aparentemente um dia normal, a não ser avisado de que o teodolito agulha (instrumento de precisão topográfica para medir ângulos de diferentes planos.), Ocasionalmente, virou "louco", um fenômeno atribuído a um possível mau funcionamento do dispositivo ou a presença de minerais estranhos que podiam afetar o mesmo. 

A execução dessas tarefas eram a cerca de 20 quilómetros do acampamento que haviam estabelecido. 
Por volta das 20 horas todos embarcaram no veículo em que viajavam um Pick Up Ford Modelo 1965. 
A equipe de trabalho era integrada por: Delfino Ruben González, Margarito Rodriguez Alvarado, Juan Manuel Olvera Rodriguez e Pacita.
Após já terem percorrido 10 quilômetros quando, de repente, todo o sistema elétrico da viatura foi literalmente desligado, o motor, as luzes, o rádio.
Com o frio da noite, desceram da unidade para ver o que poderia ter ocorrido e voltar a ligar a carrinha ". 
Ninguém tinha conhecimento prático de mecânica, todos começaram a procurar por um pedaço de cabo, apertar as porcas da bateria, tocar no coyle. Até mesmo uma verificação no acionador de partida, mas nada. 

Depois de alguns minutos sem sucesso, decidiram ir a pé até ao acampamento para avisar sobre os danos da carrinha como também alguém a ir buscar para a levar a um mecânico visto que não queria trabalhar. 
Eles mal haviam percorrido meio quilômetro quando começaram a ser cercados por objetos voadores não identificados. Não conseguimos distingui-los, a noite estava muito escura e as luzes de diferentes cores que emitiam, vermelho, amarelo e azul principalmente não permitiam observar o objeto de onde vinham.

Mas os seis trabalhadores ficaram surpresos. Os "muitos" objetos voadores (sem especificar quantos) tinham apenas três metros de altura.
De repente, um maior emerge, emitindo uma luz de maior intensidade e um diâmetro de cerca de quatro metros, colocando-o na unidade mecânica em decomposição. "Foi uma questão de minutos. Mas antes do desconhecido começamos a ficar com medo, não sabíamos o que era. Alguém sugeriu que talvez fossem dispositivos do governo norte-americano que, na época, diziam que faziam estudos sobre os mantos de petróleo da península. 

No entanto, no fundo, não estávamos totalmente convencidos disso. Além disso, a tecnologia de vôo dessas luzes demonstrou um grande avanço na aeronáutica. Começamos a caminhar apressadamente até chegarmos ao acampamento "


Quando contamos aos nossos colegas o que aconteceu, simplesmente ninguém acreditou em nós, "ainda gozaram conosco", perdemos completamente a vontade de continuar a falar o que todos nós tínhamos visto. Margarito Alvarado foi o mais afetado da qual teve que receber atenção médica para se recuperar do choque.
Delfino termina a entrevista dizendo: "Eu sei que há muito ceticismo sobre estes objetos voadores, geralmente atribuídos a aviões, dirigíveis ou aeronaves experimentais. É por isso que decidimos não continuar contando o evento. Alguns habitantes da região, dizem que esse tipo de fenômeno surge com alguma regularidade, mas que nada incomum havia acontecido ".
Os desenhos para a publicação da época foram feitos pelo artista e escritor Emilio Arce, que ele lembrou através de uma imagem o acontecimento.