segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Quatro em cada dez Argentinos já viu um OVNI


A Fundação de Ovnilogía Argentina perante estatística alega que pelo menos 4 em 10 argentinos já viu um OVNI.

Na maioria dos casos, é dito que viram "algo no céu", com muitas luzes, mas sem poderem definir esse "algo", segundo o investigador Luis Burgos, presidente da instituição, o portal InfoNews.

A Fundação Argentina de Ovnilogia (FAO), que desde 1969 investiga o fenómeno no país.
"Os extraterrestres não pousam em qualquer lugar.
Existem pontos quentes ou ativos no nosso país, em especial nas províncias de La Pampa, Córdoba, algumas regiões de Entre Rios e Salta são áreas quentes, Buenos Aires é a área conhecida como El Nido e do chamado Corredor Oeste ".

Este especialista no assunto, diz que 4 em cada 10 argentinos já viu um OVNI em algum momento das suas vidas."

Luis Burgos
"Nos esforçamos para mostrar todos os casos, nem jogá-los todos para baixo e, neste contexto, um número esmagador de casos que ocorreram em 61 anos não têm uma explicação" racional ", e sem crer em naves vindas do espaço, as mensagens cósmicas ou seres beneficentes ou criminosos.
Se não conseguimos identificar algo em voo será OVNI, na água OSNI e assim por diante.
Certamente existem muitos OVNIS Made in EUA.

Luis Burgos documenta todas as informações no Site www.ciencia-ovni.blogspot.com, dizendo que a Argentina tem o recorde mundial de marcas de pouso de OVNIs. "Em 1985, num campo em Atalaya Magdalena, foram detetadas 150 marcas num único campo.
Nunca antes ou depois ocorreu um evento como este. "

Além disso " somos o segundo país do mundo com mais casos de mutilações de gado".

As maiores ocorrências destes objetos voadores estão datadas de 1965 a 1968 (os melhores anos), 1978, 1985 e 2008 ( com mais de 550 casos notificados).

Em 43 anos de pesquisa Luis Burgos testemunhou oito vezes a presença de OVNIs.

Crédito

Sem comentários:

Enviar um comentário