terça-feira, 20 de junho de 2017

Luzes observadas na Margem Sul - "Aroeira"

Localização - Aroeira 

Data hora - 17/06/2017 - 00:05h

Testemunha - Sr. Bruno Figueiredo e esposa

Relato da testemunha...
"Estou a escrever-vos na sequência de um acontecimento ocorrido no passado Sábado, coincidentemente após os estranhíssimos e infelizes acontecimentos meteorológicos que provocaram diversos incêndios a nível nacional.
Encontrei o vosso blog após alguma pesquisa que fiz, no sentido de encontrar algum tipo de paralelismo com o momento que vivi nessa noite.
Eram 00:05h na noite de sábado para domingo.
Eu e a minha esposa avistámos diversas luzes no céu, a cruzarem o céu mesmo em frente à nossa casa ( Aroeira, concelho de Almada ).
Estas luzes, cerca de 20 mais ou menos, viajavam no sentido Sul > Norte em formação pouco mecânica, isto é, não parecia ser um voo linear, como de um avião, helicóptero, Drone, etc,, poderiam ser perfeitamente um bando de Gaivotas, com a excepção de serem extremamente luminosos e mudarem constantemente de posição.
Foi possível avistá-las ( luzes ) até desaparecerem no horizonte, na direção Norte ( Lisboa ), tudo isto demorou cerca de 3 / 4 minutos.
Durante este período em que foi possível a olho nu avistar estes objectos, os mesmo mudaram de posição várias vezes, alternando a forma do conjunto, de forma aleatória, no inicio estariam mais ou menos linha continua, algo desordenada, depois a forma conjunto assemelhou-se mais a um círculo imperfeito até desaparecerem no horizonte devido à distância a que se encontravam.

Tentei encontrar na Net algo parecido ou algum relato de alguém que tivesse presenciado o mesmo acontecimento nessa noite de sábado, mas sem resultado.
tentei filmar com o Telefone, mas estava demasiado escuro e nada se conseguia ver infelizmente.
Já não é a primeira vez que presencio algo do género, aparentemente inexplicável, mas é a primeira vez que partilho esta informação com alguém que esteja "mais dentro do assunto"

Em primeiro lugar, penso que os balões Led não teriam como fazer um vôo continuo paralelo à terra e alternando de posição dentro da mesma formação, a não ser que tivessem algum tipo de motor ou estivesse algum vento ( Sul > Norte ) o que não se verificava de todo, para além de não existir qualquer ponta de vento na altura, o único momento em que se verificou vento no passado sábado, foi no final da tarde, em conjunto com a trovoada e alguma chuva e o mesmo ( vento ) vinha de NW ( a direção contrária às dos supostos balões Led )
Os fenómenos luminosos que eu vi eram fixos e não intermitentes como a maioria destes balões Led.
De qualquer forma agradeço-lhe pela resposta e esclarecimento".

UFO Portugal Network

De facto tem ocorrido observações anómalas registadas visualmente por diversas testemunhas como alguns vídeos que nos chegam e também aguardam resposta por parte das mesmas.
Isto sem deixar de mencionar as últimas notícias que fazem referência na imprensa nacional, onde mencionam um alerta de diversos pilotos alegando ver ou serem seguidos por drones a 700 e 1200 metros de altitude ( Super Drones ) assim poderemos deduzir ao acompanhar aeronaves de longo e médio curso! Suspeito...



Com o clima quente as festividades veranianas municipais ou privadas aumentam gradualmente.
Logo exista a libertação dos afamados balões leds, que vieram substituir os tradicionais foguetes de artifício tradicionais devido aos riscos de incêndio.
Os tradicionais balões leds mais comuns apresentam uma luz intermitente, embora também existam balões com luz fixa!
A testemunha revela ao UFO Portugal, que as luzes eram muito fortes o que descartou de imediato serem balões com leds.

Devido a não termos uma imagem da observação, não podemos afirmar efetivamente que foram balões leds ou drones, onde um fator a ter em conta o voo em direção contrária ao vento!

Se observou o mesmo fenómeno ou registou o mesmo em vídeo ou foto, queira entrar em contacto connosco via email.

5 comentários:

  1. eu vi o mesmo fenómeno, como está descrito, a cruzar o céu, na trafaria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito interessante. E conseguiu ter melhor percepção do que se tratava? Alguma informação extra que ajude a perceber o fenómeno?
      Foi também por volta da meia noite e alguns minutos?
      Obrigado.

      Eliminar
  2. We saw the same thing near Torres Vedras on the same Saturday night. Though it was earlier, at about 11pm. We haven't an explanation to this, but it seems it could be LED balloons, especially on week-ends and, since there was wind that night, they flew towards the north too. Also, since the sky was cloudy, they must have flown low.

    ResponderEliminar
  3. Finalmente encontro o modo de partilhar o que vi, também! Foi na noite de dia 18 de Junho, domingo, por volta das 23h45. Íamos na faixa rápida em direcção à Ponte Vasco da Gama, na zona de Lançada, quando comecei a ver um conjunto de luzes em formação de enxame... a forma de emissão de luz era peculiar, podendo assemelhar-se ao movimento de asas de borboleta. Eram muitos, talvez mais de 50 'coisas' a emitir essa luz e em formação de enxame: dilatando, contraindo, alongando o formato do grupo. A luz era estranha aos referentes que possuo e por isso me inquietou tanto. Depois comecei a penar que era de facto qualquer coisa que não é deste mundo: nem drones, nem balões, nem artifício de outra natureza comum. Como ia muito depressa e não podia parar fui acompanhando com o olhar e durante 2 ou 3 minutos consegui manter o contacto visual. No carro, o meu marido e a minha filha viram o mesmo. No carro que seguia connosco, o meu sobrinho e tia viram também. Não se conseguiu registar em telemóvel, mas o tempo permitiu não esquecer. Quando cheguei a casa tentei desenhar. Durante a semana fui consultando a Internet para ver se alguém tinha testemunhos... só hoje vi estes e não hesito em contribuir com o meu. Inês Correia

    ResponderEliminar
  4. Olá nós vimos o mesmo! Como poderiam ser balões indo todos na mesma direção?eu já vi balões serem soltos e eles se dispersam. Alguém tem alguma explicação plausível?

    ResponderEliminar