quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Ovni de Alfena Portugal, 21 anos de mistério



O fenômeno Ovni sempre foi um tema de paixões devido ao seu mistério que de uma forma mais abrangente cria uma sedução pelo tema em seu redor.
Portugal desde os seus primórdios que tem ocorrências inexplicáveis para qual a ciência se encontra um pouco distante ou mesmo com uma explicação racional para algo inexplicável

Exemplo do que ocorreu a 15 de Outubro de 1755, Lisboa era sobrevoada por diversas esferas cintilantes voadoras não identificadas, que pareciam anunciar o terrível Terramoto que ocorrera poucos dias depois, mais precisamente a 1 de Novembro desse mesmo ano.

Portugal conta com um grande vasto número de observações anômalas, algumas com explicação plausível de caráter natural "científico" outras continuam inexplicáveis.

O fenómeno mais estudado e documentado desde sempre, ocorreu a 10 de Setembro de 1990 no concelho de Valongo pertencente à freguesia de São Vicente de Alfena distrito do Porto "Norte de Portugal".

Este caso se tornou celebre como o "OVNI de Alfena".

O fenómeno ocorreu numa segunda-feira, por volta das oito e trinta da manhã, quando um grupo de crianças que se divertia a jogar ao berlinde, foram surpreendidas ao observarem um estranho objeto a pairar no céu a baixa altitude com uma aparência esférica com quatro apêndices e uma deslocação muito lenta ao sabor do vento.

Foram as crianças a dar o alerta a pessoas próximas que se encontravam no café e outras que se encontravam a trabalhar na área que observavam atentamente se subjugando com espanto, o que seria referido objeto, que segundo algumas pessoas abordavam como uma betoneira, pipa voadora ou cuba, onde se poderia visualizar o que parecia serem janelas em redor deste objeto que teria aproximadamente uns quatro metros de diâmetro

Com este alarmismo, foram muitas as pessoas que presenciaram todo o sucedido.
O objeto se movimentava de uma forma lenta em direção ao campo de futebol, causando receio ao Sr. David Silva, guarda do campo de futebol na época, que teria sido alertado por um vizinho que presenciara todo o acontecimento.

Algumas pessoas optaram por se afastar com receio de estranha figura desconhecida.
As crianças alertam o Sr. Manuel Moura, fotógrafo amador para observar o estranho objeto, que prontamente se desloca a casa para pegar na sua câmera fotografica.

Já no regresso o Sr. Manuel Moura, ainda consegue obter uma sequencia de quatro fotos.

O mais intrigante conta o Sr. Manuel que, quando visualizou o objeto, este estava a descer as sapatas "trem de aterragem" onde efetuou a primeira foto.

Contam as muitas testemunhas que o objeto parecia estar a querer aterrizar, mas que devido ao alarmismo e curiosidade das crianças, adultos e lançamento de pedras o objeto foi se afastando em direção a Santo Tirso, Passos de Ferreira, não sendo mais possível ao Sr. Manuel, realizar mais de quatro fotos devido á velocidade tomada e distancia.

Na totalidade o objeto terá percorrido uns quinhentos metros, com uma duração total de cinquenta minutos.

Fora mais de uma centena de testemunhas que observaram este objeto voador não identificado, adicionando pessoas de outras localidades próximas que relataram com precisão a observação do mesmo objeto.

Imediatamente se tornou um caso de extrema importancia pela imprensa que levou também ao local a equipe do ( CTEC ) Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência da Universidade Fernando Pessoa, gerida então pelo professor Joaquim Fernandes e Mário Neves, Investigador do ( PUFOI ) Portuguese UFO Investigation.

Ambos os investigadores questionaram e recolheram o máximo depoimentos das testemunhas que falavam do fenômeno de uma forma fascinante para o que teriam presenciado.

As fotos do Sr. Manuel Moura, foram enviados para Richar Haines, consultor da NASA a fim de identificação do objeto existente onde concluiu como desconhecido perante os artefatos existentes de conhecimento da NASA.

As fotogrfias do Sr.Manuel Moura, foram enviados para a kodak como também para Lisboa, Porto, França, Alemanha e Estados Unidos onde os resultados de uma exaustiva análise mostram como autênticos e sem qualquer tipo de manipulação.

O Instituto de Meteorologia e Geofísica descarta a possibilidade de ser um balão metereológico, utilizado na época ou anterior, este não apresentava as mesmas características, pelo seu aspecto nem pela sua deslocação "comportamento".

Muitas entidades se interessaram por este caso onde a própria CIA e NORAD, estiveram envolvidas a fim de coperar e identificar o objeto segundo a CNIFO Comissão Nacional de Investigação do Fenómeno Ovni.

Desta forma se torna o mais bem estudado e documentado caso ovni em Portugal e um dos mais verídicos a nível mundial, onde as fotos em questão cientifica são consideradas as melhores existentes sobre o fenómeno ovni.

É considerado como autentico "ovni" baseado no grande número de testemunhas e provas fotográficas.

Segundo análise do CTEC, o objeto em questão parece ter uma alteração da sua fisionomia, onde nas fotos é possível se observar o objeto esférico que em outra imagem parece tomar uma forma ovoide quando se afasta em direção a Passos de Ferreira.

O mesmo objeto ou semelhante teria sido observado anos antes 1954 França, 1973 México 1989 Alemanha

Após o incidente de Alfena ocorrem outras observações muito similares, 1992 Brasil, 2004 novamente no México.

Desde 1990 que se continua a questionar e a procurar respostas para algo que marcou o povo de Alfena como também Portugal por esta fantástica observação para qual a ciência nunca encontrou uma explicação e os investigadores envolvidos perante as várias análises concluíram o objeto como "OVNI" Objeto Voador Não Identificado, que foi em 2009, fortalecido por Carlos Oliveira, professor de Astrobiologia da Universidade Norte Americana no Texas em Austin a concluir também este caso como OVNI devido a nunca ser ter chegado a comprovar a origem deste objeto como também das muitas testemunhas de Alfena e localidades próximas relatarem o mesmo objeto com as mesmas descrições, pessoas estas que não se conheciam o que levou a fortalecer mais como prova a observação deste OVNI ser real.


Nuno Alves


11 comentários:

  1. Muito boa tarde Nuno Alves. Gostei do artigo e queria propor uma parceria em troca de links entre o UFOPortugal e o OVNIBLOG. O OVNIBLOG trata sobre os mais variados assuntos e temos um recente artigo sobre a evolução da área 51 2002-2010. Eu acho que deveria dar uma olhadela. de qualquer forma, queria propor então esta parceria, pois ficávamos ambos a ganhar... :) Boas investigações! :)

    http://ovniblog.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  2. Boas Nuno Alves.
    Uma vez mais brilhante a sua postagem.
    Bom relembrar historias do passado.

    Raquel

    ResponderEliminar
  3. Alfena continua a ser uma referencia sobre o que temos em Portugal, sobre este tipo de fenômenos.
    Porem existem muitos mais casos que merecem uma especial atenção.
    Os casos mais conhecidos ou que mereceram uma especial atenção pela análise ciêntifica estão na barra lateral esquerda do Blog.
    Basta os consultar e assistir aos documentários.

    ResponderEliminar
  4. Amigos da patria amada lusa. O caso de voces é muito bom, mas comparado com este video da Austria, é fichinha. Vejam o link abaixo.

    http://www.youtube.com/watch?v=WxHLQgrUaaw&feature=player_embedded

    Frank Oddermayer
    Brasil

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente o vídeo que nos apresenta é um vídeo gráfico.
    São efeitos realizados por computador.
    Isto para não falar da filmagem sem qualidade.
    Temos inúmeros vídeos deste tipo no You Tube.

    ResponderEliminar
  6. Cuidado com os vídeos no youtube!
    Maioria são fakes.

    RPG

    ResponderEliminar
  7. Como moro perto de Alfena, Ermesinde, já conheço essa história muito bem. Pelo que os moradores dizem houve muita gente ligada ao exército que se apressou em chegar ao local e afirmar que seria um balão meteorológico ou outra experiência.

    ResponderEliminar
  8. Boas.
    Eu já vi várias vezes a foto do OVNI avistado em Alfena, e o que penso é o mesmo que todos: não tenho explicação para o sucedido.
    O mais provável que seja, caso seja objecto criado pelo homem, será um balão meteorológico ou de outro tipo, caso contrário, ficamos na mesma.

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. "o objeto parecia estar a querer aterrizar, mas que devido ao alarmismo e curiosidade das crianças, adultos e lançamento de pedras o objeto foi se afastando" - é por causa deste tipo de comportamentos, típico de pessoas muito atrasadas, que entidades extraterrestres têm protelado um contacto mais próximo. Atirar pedras... parecem relatos da Idade Média. Em português de Portugal, não se escreve "aterrizar", mas aterrar. Fenómeno muitíssimo interessante! Pena não terem permitido que aterrasse. Estou certo de que já faltou mais para que contactos já estabelecidos sejam finalmente divulgados, por essas entidades estatais desta nossa Terra, que teimam em manter a Humanidade ignorante.

    ResponderEliminar
  11. O "OVNI" (assim se designa o que não é identificável) tem no entanto uma história bem menos alienígena, do que muitos desejariam... Talvez a(s) pessoa(s) em questão, achem que o "mistério" deve permanecer, pois todos gostam de mistério e a verdade seria uma desilusão. Apenas se pode dizer que o que aparece nas fotografias (e as mesmas são verídicas, isso é garantido)hoje em dia seria visto, como um aparelho banal e ao alcance de qualquer um...

    ResponderEliminar