segunda-feira, 30 de maio de 2011

Novo Crop Circle na Inglaterra a 30 de Maio

Crop Circle encontrado em Hackpen Hill, Nr Wrougton, Wiltshire Inglaterra.

De momento é a única imagem que temos, cedida pelo Site - http://www.cropcircleconnector.com/ com quem o Ufo Portugal está em contato com um dos elementos para posterior colaboração na área de Cambridgeshire. , caso se registe um Crop Circle para registo de imagem e colheita de provas para posteriores análises.



Esperemos em breve ter mais imagens deste Crop Circle.
Não foi possível ir ao local devido a estar a mais de três horas do sítio em questão e o tempo estar de chuva.
Aguardemos por melhor oportunidade.


video

4 comentários:

  1. Ola nuno
    então fico doidinha para saber o significado!
    o que estão mostrando deve ser um alerta ao nosso planeta! vamos aguardar.....
    suely moura mello

    ResponderEliminar
  2. ola!sou do brasil,dei uma passada aqui no seu blog e achei muito legal, sua publicaçao,sao fatos que nos deixa sem respostas,existe, ou, nao, esta é a questao, que nos deixa curiosos.
    ja estou te seguindo e sera´um grande prazer te-lo no meu blog tambem , bjs.

    ResponderEliminar
  3. Os Crop Circles sempre representaram ser um grande mistério para o homem e até mesmo para a ciência.
    Existem alguns fabricados a fim de Marcketing, mas outros são de origem desconhecida e a sua autenticidade está na energia que estes libertam.
    Ainda hoje são algo que não conseguimos compreender ou descodificar.
    Nos limitados a opinar sobre a sua origem e o que estes nos querem dizer!
    Um verdadeiro mistério sem dúvidas.
    Será de origem extraterrestre!
    Pois isso não sabemos e até ao momento creio que não existe uma prova palpavel que nos permita dizer que é de origem alienigena!
    Mas para ser fabricado por humanos da noite para o dia sem deixar vestigios é algo um pouco ilariante ou mesmo complicado.
    Um verdadeiro mistério.

    ResponderEliminar
  4. Nuno muitos parabens por este ufo portugal divinal.
    Estupendo

    Lucia Pinto

    ResponderEliminar