sábado, 10 de fevereiro de 2018

Uma noite fora do vulgar na região de Évora

História minimamente intrigante nos chega ao correio dos leitores.
O que terá este casal presenciado numa fatídica noite de Agosto de 2017?
Segundo a descrição, o evento terá decorrido na localidade de Nossa Senhora de Guadalupe no concelho de Évora.

Para quem não conhece os Cromeleques, Almendres, estes são conhecidos como o Stonehenge Português.

Relato...
"Olá boa noite.
O meu nome é Júlio Machado, natural de Torres Vedras e passo a citar o seguinte.
O ano passado em pleno mês de agosto, fui com a minha esposa de férias visitar os cromeleques na região de Évora e aconteceu uma situação minimamente insólita.
Não vos sei precisar as horas mas penso que rondava entre as dez da noite dez e meia foi bem depois do jantar.
Enquanto passeava com a minha mulher a ver os almedres nessa noite de lua cheia vimos que no local também estavam dois fotógrafos estrangeiros a tirar fotografias e uma outra camera num tripé onde um dos fotógrafos nos pediu muito educadamente para não cruzarmos num determinado ângulo daquela camera.
O estranho é que a uma não grande distância talvez menos de um quilómetro ouvimos um pequeno estrondo e no horizonte surgiu uma luz bastante forte entre o branco e amarelo.
Essa luz tinha um formato oval, mas não era uma luz ofuscante que deveria ter prái o tamanho de um mini autocarro.
Na sua base inferior podemos ver o que parecia no meu ver um sistema de propulsão pequeno de tonalidade azul e verde que variava entre um rosa.
Aquilo subiu sempre na vertical com uma grande velocidade até ficar um pequeno ponto luminoso que perdermos de vista com as estrelas.
Um dos fotógrafos que estava no sítio tirou fotografias ao objecto que nós vimos e todos ficamos sem dizer uma única palavra durante uns dois minutos.
O que era não sabemos mas que foi estranho foi.
A minha mulher ainda tentou me convencer que se tratava de um helicóptero, mas um helicóptero faz um som ensurdecedor o objecto não fez qualquer som a não ser o estrondo inicial.
Conheço muito bem o ruído de um helicóptero.
Na manhã seguinte já no hotel tomei a liberdade de telefonar para o quartel militar de Évora onde tirei a dúvida que não houve qualquer actividade militar na região.
Não consigo adiantar muito mais não sou um crente em vida extraterrestre mas uma coisa daquelas num local histórico foi minimamente estranho.
Estou bastante arrependido de não ter pedido o contacto do fotógrafo que bateu as fotografias.
A noite estava bastante quente e estou convencido que mais pessoas naquela hora estavam na rua e devem ter visto exactamente o mesmo que nós.
Procurei na internet por imagens e relatos dessa noite e nunca consegui encontrar nada parecido com o que vimos".



Está história é minimamente curiosa, pela qual se mais alguém presenciou o mesmo fenómeno nos contacte através do nosso e-mail: ufo_portugal@sapo.pt

O UFO Portugal Network, não descarta a possibilidade de se tratar do Lidar Raman da Universidade de Évora, embora exista uma distância considerável do local vs Évora como também a fisionomia transcrita pela testemunha " Objecto Oval" e o raio projectado pelo Lidar Raman.

Imagem de um Lídar Raman projectando um laser na
atmosfera a fim de obter a leitura da mesma 

4 comentários:

  1. Um local a considerar para a Vigília Nacional 2018 no Mês de Setembro.

    ResponderEliminar
  2. Gostaria de participar nessa vigília em Évora.
    Alguém daqui vai?

    ResponderEliminar