segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Observação de Objeto Voador Não Identificado em Fernão Ferro


Localização - Fernão Ferro

Data, hora - 28/11/2016 - 18:30h

Testemunha - Senhora Helena Duarte

Relato da testemunha

Hoje, 28 de Novembro de 2016, avistei algo estranho no céu da zona onde resido: Fernão Ferro (Freguesia do Seixal, Conselho de Setúbal).
Como não é a primeira vez que faço um avistamento estranho, resolvi consultar a net para descobrir se existe alguma entidade que recolha
este tipo de informações, e encontrei este vosso endereço.

O que vi hoje, cerca das 18:30h.
Estava ao fundo do meu quintal, que é comprido, e vi no céu, para lá do telhado da casa, algo brilhante que se deslocava da esquerda para a direita,
tipo em direcção a Setúbal.
Chamou-me a atenção a intensidade de luz que piscava e a rapidez do objecto, pois era um pouco mais rápido que normalmente se nota num avião,
mas principalmente porque a sua luz era muito intensa e nítida.
Fiquei a observar e a pensar: os aviões agora têm uma luz tão forte?
Enquanto isso reparei noutro pormenor ainda mais estranho: A luz tinha um formato sensivelmente retangular e mudava de côr: verde, depois azul, depois vermelho, verde, azul, vermelho, verde… e assim
sucessivamente… e, cada vez que mudava a côr, ela aparecia numa zona diferente, como se o objecto tivesse luzes em sítios diferentes e as
acendesse uma de cada vez, rotativamente.
Todas estas “anomalias” prenderam a minha atenção e não tirei os olhos daquele espectáculo.
Calculo que tenha durado pouco mais de meio minuto,
desde que raparei nele.

Croqui enviado pela testemunha
Como disse, ele ía em deslocação para a direita mas, de repente, o objecto desceu rápida e verticalmente e num ápice deixei de o ver por causa do
telhado da minha casa.
Fui a correr até à frente da casa mas não vi mais nada, nem luz nenhuma em sítio nenhum.

O outro caso estranho deu-se na noite de 31 de Dezembro de 2014, cerca das 18:30.
Eu ía de carro, de Setúbal e a chegar ao Pinhal Novo. O marido ía a conduzir e eu ao seu lado. Estávamos a passar numa avenida ladeada de palmeiras
e os prédios à minha direita estavam bastante distantes.
Enquanto apreciava a paisagem reparei que no céu, acima daqueles prédios, mas
certamente muito para lá deles e muito acima deles, havia uma luz redonda vermelha, de contornos bem definidos, portanto não havia laivos a
desvanecer para o exterior. Era grande demais para ser de um avião e não piscava.
Fui acompanhando atentamente para perceber se ela se movia e em que sentido mas, como íamos em deslocação, não consegui ter a certeza.
Parecia-me que, se se movia, era muito lentamente.
Enquanto olhava fixamente a luz vermelha a tentar perceber o que era e para onde ía, ela simplesmente se apagou.

Conto-vos estes casos na esperança de que me possam informar se têm outras descrições idênticas nas mesmas datas e lugares, que nos levem
a um entendimento maior do que eram estas luzes.
Fico, assim, na expectativa do favor das vossas notícias.

Ufo Portugal


Perante a observação descrita pela testemunha data e hora, será de referenciar dois voos sobre a área mencionada.
Voo da Ryanair logo seguido por um segundo da Tap.

DESCRIÇÃO DAS LUZES DE NAVEGAÇÃO E ANTICOLISÃO

Luzes de navegação: As lanternas de luzes de navegação são dotadas de lâmpadas de filamento, as quais, quando ligadas, mantêm um fluxo constante de luminosidade.

Lanterna na cor vermelha, asa esquerda.
Lanterna na cor verde, asa direita.
Lanterna na cor branca, cauda.

Os voos não se relacionam com a direção do avistamento "objeto" no sentido Fernão Ferro - Setúbal.


 Satélites visíveis embora com extrema dificuldade, seria Ariane e Intercosmos a Sul.
Porem e de referenciar que os Satélites não emitem luzes de cores, mas sim e em alguns casos refração da luz Solar através dos seus painéis.

Analisando a descrição das cores, constatamos a ausência da luz azul nas aeronaves, como também os movimentos esquerda e direita não fazerem parte de um voo ou qualquer padrão conhecido de uma aeronave.
Sem muita informação podemos alegar que o dia 28 de Novembro terá sido bastante ativo em especial na Turquia e Canadá com a observação anómala de várias luzes que estão em análise de investigadores locais.


Existem inúmeros fatores que não se enquadram nas características das aeronaves nesta observação.
Não deixa de ser interessante visto ser uma área com algum histórico visto a sua visibilidade para a Serra da Arrábida que conta com um vasto histórico incrível de observações anómalas!

Exemplo de um dos vários vídeos existente sobre o registo destes objectos voadores não identificados na região de Setúbal.

Vídeo realizado em 2012


Uma das possibilidades seria a presença de algum drone visto ser uma das tendência em crescimento no país.
Portanto, se observou algo de anormal ou extraordinário que nos possa ajudar queira por favor entrar em contacto connosco ufo_portugal@sapo.pt

O Ufo Portugal, ao longo dos anos tem se dedicado ao registo, monitorização e identificação dos pontos de observação pelo país.


6 comentários:

  1. Ia de carro de Palmela para Setúbal e pude ver exactamente o mesmo.
    Comentei com a minha mulher na brincadeira de serem os extraterrestres.
    Ironicamente a notícia apanhou-me de surpresa.

    ResponderEliminar
  2. Foi um exercicio nocturno com 3 f-16. Ocorre com bastante frequência estes ultimos mêses na zona.

    ResponderEliminar
  3. Consegui alguma informação através da FAP.
    Houve exercicio de aéronaves a 25, 26 e 29 e não a 28, e âmbos os exercicios fora da área assinalada!

    ResponderEliminar
  4. Houve saida da Base Aera do Montijo de um Hercules C130 com destino a Mali ao serviço da ONU.
    Exercicíos aéreos não decorreram naquela região se bem que a mesma é restrita devido à circulação e apróximação de aeronaves a um aeroporto internacional.

    A intervenção de aéronaves militares somente ocorre em situação de emergência.

    ResponderEliminar
  5. Provavelmente algum engraçadinho com um quadcopter.
    Já vi alguns que podem iludir com muita facilidade.

    ResponderEliminar
  6. Sim sem dúvida.
    Hà que ter essa questão em mente!
    Qualquer das formas já foi solicitado à FAP um registo de voos no dia 28 pelas 18, 18:30h.
    Vamos ver o que nos reservam.

    ResponderEliminar