sábado, 12 de setembro de 2015

OVNI quase colide com Boeing 737 entre Málaga e Eindhoven

OVNI quase colide com Boeing 737 da Rayanair entre Málaga "Espanha" e Eindhoven "Holanda".
O estranho objecto de cor escura surge a alta velocidade. A inóspita imagem foi registada  por uma passageira holandesa que no momento se encontrava a registar em vídeo o voo.


Instantes após o curto incidente, as turbinas do avião pareceram aumentar seu giro e, logo após, o piloto fez uma curva mais fechada.
Relatos dão conta que houve algum pânico imediatamente após o avião tomar a acção, o que pode significar que os pilotos sentiram a ameaça de impacto do OVNI.

Seria neste caso uma ave!

video

Pode muito bem ter sido, porem não deixou de representar uma forte ameaça para a tripulação.
Na imagem o misterioso objecto é perfeitamente nítido como algo consideravelmente grande!
Curiosamente ou não ocorre uma outra situação inóspita com esta companhia aérea num outro voo, onde aterragem terá sido abortada devido à observação de um OVNI!

Liverpool John Lennon Airport Comandante do voo 448 que tinha como destino Dublin Liverpool, alerta torre de controlo sobre a observação de um OVNI.
Em terra nada foi observado nem registado via Radar.
Porem esta situação não deixou de ser curiosa levando em terra uma busca exaustiva em busca do tal misterioso objecto.
Em Agosto deste corrente ano a mesma companhia aérea com o voo Liverpool - Bucharest realiza uma aterragem de emergência após interferência de OVNI.
Cépticos acreditam que se trata de aves e mesmo Drones.
Os mais inclinados para o mundo OVNI acreditam na possibilidade de se tratar de Drones, porem no Reino Unido existe um senão!
Os Drones são proibidos e podem levar a prisão pelo seu manuseamento.
Estas ultimas e recentes noticias têm vindo a despertar atenção dos muitos pilotos da aviação civil, que parecem estar a quebrar a barreira do silêncio entre as observações de OVNIs para com o público.

Em 2010 também a Ryanair registava uma foto de um OVNI num voo entre Portugal e Reino Unido... Ver (aqui).

Sem comentários:

Enviar um comentário