sábado, 4 de janeiro de 2014

Primeiro avistamento 2014 em Portugal

Localização -  Alcabideche Cascais
Data - 01/01/2014
Testemunha - Sr. Tomaz e esposa

Relato da testemunha...

O meu nome é Tomaz Chegwin, e vivo em Alcabideche, Cascais.

O meu primeiro avistamento de um OVNI ocorreu à mais de 30 anos, e desde aí tenho sido um seguidor mais ou menos atento do fenómeno.

Nos primeiros minutos deste novo ano, cerca das 00:10, após os tradicionais festejos estava no meu quintal a fumar um cigarro e avistei uma luz laranja a deslocar-se no céu, em linha recta, sem ruído, e com uma velocidade inferior às habituais aeronaves que sobrevoam esta localidade.
Chamei a minha mulher e em conjunto observámos a luz laranja.

Infelizmente, e apesar da relativa baixa velocidade a que se deslocava, não consegui obter nenhum registo fotográfico da luz.
No entanto não quero deixar de partilhar esta informação com o vosso grupo de forma a poderem validar outros possíveis relatos.

Escusado será dizer que qualquer tipo de confusão com aeronaves ou balões, está descartado pois era bem diferente.
No máximo poderia ser considerado um "Balão de São João" iluminado, mas a trajectória regular e a sua velocidade constante, deixam de lado essa hipótese.
A luz também era muito mais intensa, e a quase ausência de vento tornavam impossível um voo de um balão naquelas condições.

O tecto de nuvens era relativamente baixo, mas não posso precisar a altitude correcta.
A bola de luz pareceu-me deslocar-se a uma altitude relativamente baixa, comparando com trajectórias semelhantes efectuadas pelos aviões que circulam habitualmente nos céus.
Quando refiro os "habituais aviões", trata-se de pequenos monomotores que descolam do aeródromo de Tires.

Espero que esta modesta contribuição possa ajudar a validar outros testemunhos dessa noite.
Com os meus cumprimentos e votos de um bom ano.
Tomaz Chegwin

De Vila Moura "Algarve", era reportado o mesmo fenómeno que perante descrição se assemelha bastante com o mesmo observado em Cascais.

15 comentários:

  1. Em Vila Moura era descrito exatamente o mesmo tipo de observação na noite de passagem de ano novo.

    ResponderEliminar
  2. Um relato conciso, muito sóbrio e interessante.

    ResponderEliminar
  3. Interessante.
    Será que mais alguem viu o mesmo na região da observação?

    ResponderEliminar
  4. Na madrugada em torno de 3 horas da manhã do dia 4 para o dia 5, vi uma luz laranja também, só que ela tava parada brilhando depois se mexeu para direita, depois fez outro movimento semi - circular e desapareceu,. foi lindo, estavamos eu e mais duas pessoas, nós 3 presenciamos.

    ResponderEliminar
  5. Adoraria começar o ano vendo um Ovni, todos os dias eu olho para o céu na esperança de vê-los.

    Feliz Ano Novo a todos vocês irmãos portugueses :)

    Daiane Ribeiro - Presidente Prudente - Brasil

    ResponderEliminar
  6. Eu testemunhei algo semelhante na marinha de Cascais, por volta da mesma hora. Mas foi uma luz azul que parecia de algum modo ter corpo associado a si. Basicamente, andou cerca de 300 metros numa trajectoria absolutamente horizonal, mantendo a velocidade e direcção. Ao fim deste percurso "despenha-se" no mar, atrás da barra da marina (sendo impossível ver o contacto com a água), mas mantendo a velocidade que antes possuia.

    ResponderEliminar
  7. Também moro em Alcabideche, num 5º piso (vista privilegiada), e testemunhei à mesma hora o que foi referido pelo Sr. Tomaz. Testemunhei duas luzes, as duas iguais. Alaranjadas, ambas seguiram praticamente a mesma trajectória horizontal a velocidade constante. A velocidade é equiparada facilmente à velocidade com que os balões viajam pelo ar normalmente (sem vento, não estava muito vento, mas algum).
    Tenho quase a certeza que eram lanternas chinesas, ou algo parecido. Uma delas até a vi a elevar-se de um dos locais onde estava a haver fogo de artíficio (que eu pensei que fosse cascais, mas soube depois que não houve fogo em cascais, pelo que devia ser Estoril ou arredores).
    Seguiram as duas luzes para os lados de Manique, penso eu, separadas ainda com alguma distância, ambas aparentemente à mesma velocidade.
    Na minha opinião, digo quase com absoluta certeza, que eram lanternas chinesas. Acredito que existem OVNIs, sem duvida, mas na minha opinião, as luzes referidas não eram. Mas é a minha opinião, e é sempre bom ler diferentes relatos e opiniões!

    ResponderEliminar
  8. Acredito que tenha sido um evento fantástico de se assistir. Na zona de Coimbra não se avistou nada, pelos vistos não é um hotspot para observar ovnis.

    ResponderEliminar
  9. No dia 6-12-2012, pelas 19H20 aproximadamente, decidi aproveitar as ornamentações de Natal para fazer algumas fotografias da Baía de Cascais. Entre outra, tirei três fotos, onde se pode ver um objecto com o aspecto de meia calote esférica ,encimada com esfera de tamanho inferior. Em duas das fotografias pode-se observar que o objecto se moveu, pois a sua verticalidade sofre uma inclinação de aproximadamente de 30 a 45 graus. A máquina estava apoiada em tripé e utilizei sistema automático e manual. Gostava de ser contactado por pessoa conhecedora deste tipo de fenómenos para poder fazer uma avaliação credível do que foi fotografado. As imagem estão gravadas no cartão da máquina para provar que não existe qualquer tipo de manipulação. A reposta pode ser dada por este meio para possível contacto posterior. AMBP

    ResponderEliminar
  10. Olà,eu tbm hà mais de 30a que nao havia avistado algo semelhante.Foi no dia 1.pelas 02.20 da manha,duas horas apòs a passagem de ano.Optei por ficar em casa a estudar e meditar e fui á janela olhar o cèu,um hàbito meu mas tbm tinha estado a questionar-me mentalmente e pensava no comando Asthar e em Sao Miguel Arcanjo ou cristo Miguel,como chamam.Eu vi nuvens se moverem anormalmente,fizeram desenhos e depois o que parecia uma estrela mas tao perto da lua podia ser Vènus,sei lá...vi se começar movendo pra esquerda e sumir...ora nao era planeta.O que veio depois foi incrivel e lindo...parecia o nascer do sol ou o por do sol em plena escuridao..em forma oval,amarela e laranja com luz em baixo branca começou a ficar maior,mais pròximo mas piscando...nao eram luzes que piscavam mas o fenòmeno todo em si,como se fosse explodir...levou uns segundos atè que começou a mover-se devagar e depois mais ràpido,nao muito mas um pouco mais e tbm pra esquerda sumiu...o cèu ficou sem nuvens e estrelado,o tempo estava ameno pra època.Vivo em Faro-algarve-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Emma Páscoa, eu vejo uma coisa parecida com essa historia que esta a contar porque eu vejo uma coisa quase há beira da lua com uma luz branca, fica pequeno e grande sempre assim e move se,nao sei bem o que é.

      Eliminar
  11. eu vi no natal há noite uma luz grande redonda,estava na casa da minha avo e olhei para o ceu,e o ceu estava nublado e vi uma luz redonda grande branca muito forte,a luz era do tamanho da nave especial,a luz era redonda e fazia um barulho esquesito e nao sei qual o objeto,nao era um aviao porque aviao nao da nenhuma lus forte mesmo.
    foi incrivel ver,so vi eu,eu contei ao meu primo e e ele nao acreditou,alguem acredita em mim???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o teu primo disse-me que tu eras mentiroso !

      Eliminar
  12. Tenho 4 fotos tiradas ao Sol, que apresentava uma auréola que é normal por vezes aparecer e obtidas no mesmo lugar e à mesma hora, por dois fotógrafos e em posições diferentes. Quando visionei as fotos que tirei não dei importância aos pequenos pontos que aparecem , pensando tratar-se de defeito da máquina. Quando as comparei com a foto tirada com a outra máquina ,concluí que não se tratava de qualquer defeito das máquinas mas eventualmente de um fenómeno qualquer que tenha ocorrido naquele dia e àquela hora. Como não encontro meio de as colocar nesta página, peço desculpa por ter utilizado este comentário para dar esta informação a quem , com responsabilidades nesta página ,estiver eventualmente interessado em ver essas fotos




    Fernando Sousa : fersoasousa@sapo.pt

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar