quinta-feira, 22 de março de 2012

«Fragmento da Sibéria não pertence a Nave Espacial e não é Radioativo.

Roscosmos, informa que o objeto de 200 kg, encontrado na Sibéria, parcialmente feito de titânio, não pertence a qualquer tecnologia Espacial e não é radioativo.
Nick Jonhson funcionário da Agência Espacial NASA, chefe do departamento "detritos espaciais", concorda com autoridades russas.
O objeto em questão não faz parte de qualquer nave ou veiculo de lançamento em órbita que teria caído.
Não existe uma data da queda do objeto, nem temos as melhores imagens que ajudem a  efetuar uma investigação mais detalhada.
Não se viu qualquer referencia a datas o que não nos vai ajudar em nada.
São um daqueles casos insólitos da vida.
Oficial da Roscosmos informa de que não existe indicação de que esse estudo seja efetuado.
Algumas dúvidas que se colocam em questão... Se o objeto terá caído do céu, ou depositado na floresta através de transporte terrestre.

Muitas dúvidas e poucas respostas.

Abaixo a Noticia...


Os Media russos estão a reportar a queda de um «fragmento de OVNI» gigante perto de uma aldeia remota na Sibéria.

O objecto, em forma de «U», está a ser inspeccionado por especialistas russos, após ter sido recolhido pela calada da noite da posse dos aldeões que o descobriram.
O fragmento caído dos céus despenhou-se numa floresta.
Os locais fizeram a descoberta no domingo e usaram um veículo para o arrastar do mato até à aldeia de Otradnesnky, na Sibéria.
Os inspectores locais examinaram o fragmento antes de alertarem as autoridades da capital Moscovo, segundo o jornal The Telegraph.
Depois da recolha discreta do objecto com cerca de 200 quilos, a polícia está a manter guarda apertada, sob ordens de autoridades não nomeadas.
Ainda não foi confirmada a origem do objecto, contudo, já foi anunciado que não se trata de um foguetão ou míssil, nem está o objecto associado a nenhuma tecnologia espacial da Terra.
«O objecto encontrado não está relacionado com tecnologia espacial», afirmou a agência espacial russa, Roscosmos. «Uma conclusão final poderá ser apontada após uma análise detalhada dos especialistas», acrescentou.
Os peritos também já procederam a análises para determinar se o objecto representa perigo público.
«Medimos o nível de radiação dentro do objecto e perto do mesmo. Não encontrámos radiação», sublinhou Yuri Bornyakov, que lidera o departamento de Serviço de Resgate do distrito de Kuybyshevsky, na região de Novosibirsk.
«Parte do fragmento é feito de titânio ultra forte», referiu Valery Vasiliev, que encabeça o departamento de Defesa Civil e Emergência de Kuybyshevsky.
Especulações de que se trataria de um míssil ou foguete do Cazaquistão foram negadas.
«Podemos ver o interior, está aberto, não há perigo aqui. Pediram-nos que o trouxéssemos e o armazenássemos (…). E agora vamos esperar até que venham e o levem, se precisarem», afirmou o porta-voz da polícia local, Sergei Sulein.

Veja o vídeo:


Fonte de informação e créditos -  diariodigital.sapo.pt

Ufo Portugal...
Ainda sem uma explicação das autoridades que estão a observar e analisar o referido objeto, certamente se trata de lixo espacial.

Após algumas pesquisas em imagem de Satélites Russos, encontramos uma imagem em particular muito semelhante.
Pode ser uma cápsula de proteção de Satélite como podemos ver em baixo na imagem.

3 comentários:

  1. parece-me que é mais uma tentativa de criar uma cidade "Roswell" na Rússia e ganhar uns trocos com turismo.

    Aposto que essa bola em breve vai desaparecer e vão dizer "foi levada pelo governo sem explicações" !!

    ResponderEliminar
  2. É nitido nas imagens apresentadas que se trata de um objeto Terrestre.
    Se for de origem militar ou serviços secretos, certamente as agencias espaciais não deverão reconhecer o objeto como será normal.

    ResponderEliminar
  3. LorD FeniX (Marthins)27 de março de 2012 às 05:24

    Um outro video com mais imagens do objecto:
    http://www.youtube.com/watch?v=f-KJ5hPV7MU

    ResponderEliminar