quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Lançado novo livro sobre Discos Voadores

Pesquisador José Guilherme Raymundo, de Peruíbe-SP,
lança publicação que aborda a casuística ufológica no Brasil.
 
 
Este livro faz um retrospecto de várias casuísticas, iniciando com a Segunda Guerra Mundial, quando os Nazistas instruídos por facções alienígenas maléficas construíram naves superiores as dos americanos. Constando os projetos de construção das naves e fotos das mesmas.
 
Casuísticas ocorridas no Brasil e no exterior com relatos de autoridade, pesquisadores e militares.
 
As melhores casuísticas pesquisadas no Brasil e no exterior. Confirmações de autoridades civis, militares, cientistas e ufólogos. Este livro está recheado com muitas fotos comprovadoras sobre os assuntos tratados. Após ler este livro você passará a creditar na existência dos Ovnis
 
Lançamos este novo livro sob o título “DISCOS VOADORES, UMA REALIDADE INCONTESTÁVEL ”, uma vez que acreditamos que mesmo o leitor iniciante não tem mais dúvidas sobre a existência destes aparelhos e seus tripulantes em face as aparições constantes que vem ocorrendo em todo o nosso Planeta.
 
Nesta obra também relatamos as casuísticas, pesquisadas por nós , e por outros ufólogos, numa demonstração concreta desta realidade que vem ocorrendo. Este livro está recheado de provas, tanto pessoais com os depoimentos de autoridades civis e militares, e muitas fotos, as quais enriquecem este exemplar, e também, para que não haja mais dúvidas sobre a existência destas naves maravilhosas e seus tripulantes.
 
Inicialmente relato as casuísticas ocorridas no município de Peruíbe, através de pesquisas, nas quais menciono os nomes e endereços das testemunhas que presenciaram os avistamentos, e até as que tiveram uma participação direta com estes seres e suas naves, como também relato o único caso sinistro que tomei conhecimento no município de Pedro de Toledo, vizinho de Peruíbe, que foi investigado pela polícia, onde a vítima ocular perdeu a vida de modo trágico.
 
Suspeita-se que alguns tipos destas naves são experimentos modernos das Nações dominantes. Mas, de um modo geral elas são de origem alienígenas, cujos seres que as tripulam possuem inteligência muito superior as dos humanos. Tenho filmado muitas naves em Peruíbe, como também da janela do meu escritório no bairro de Santana, na capital paulista, onde constantemente filmo uma pequena sonda que fica fazendo evoluções na frente da minha câmera, demonstrando que está sabendo que eu estou filmando.
 
Sem dúvida alguma elas continuam sendo um grande mistério para a humanidade. Aparecem e desaparecem de modo inexplicável, e raríssimas vezes seus tripulantes mantém contato com os humanos.
 
Não sabemos qual é a finalidade destas visitas, e destes rápidos avistamentos, mas temos a certeza que os tripulantes destas naves maravilhosas estão em operações constantes no nosso Orbe, em missões pré-determinadas, com invasões ininterruptas no nosso espaço aéreo, inclusive em nossas residências e em nossos automóveis. Acredito que até as nossas conversas eles escutam. Na minha infância eu tive vários avistamentos e contatos com os tripulantes das naves, e passei a estudar tudo que se referia a ufologia desde os meus 15 anos de idade. Uns são pacíficos outros perigosos, principalmente os que têm colônias no norte e nordeste do Brasil.
 


José Guilherme Raymundo, lançamento de um dos seus livros "O PORTAL" 

 
* Informações e imagem fornecidas pelo autor.
 
- Mais informações e aquisição:

2 comentários:

  1. O link está incorrecto.
    Clube e não club.
    Quanto ao tema do post,dá para ver que no Brasil se vão publicando muitas obras e a actividade jornalística sobre este nosso apreciado tópico é intensa.
    Por cá é pobre,infelizmente.
    Há muitos avistamentos não coligidos nem investigados e parece reinar a maior indiferença e amadorismo.
    Os organismos que tratam o tema são ineficazes na recolha de informação.

    ResponderEliminar
  2. Tem toda a razão.
    O link estava errado, mas já está corrigido.
    Tem razão quando se refere sobre a Ovnilogia em Portugal.
    Existem muitos casos que de alguma forma são ignorados, quando deveriam ser mais estudados.
    Porem não passamos de amadorismo.
    Mas todos tentamos dar o nosso melhor, uns de uma forma, outros de outra.
    Não existem muitos apoios e quando se trata de algo demasiado importante, existe aquele tabú, de que as pessoas que acreditam e dedicam um pouco do seu tempo ao fenómeno são "malucas".
    Não é uma área fácil.
    Mas como referi, tentamos dar o melhor.
    Espero num futuro próximo conseguir aprofundar melhor a Ovnilogia Portuguesa e o que temos por desvendar.

    ResponderEliminar